Ação solidária arrecada alimentos e produtos de higiene para mais de 3 mil famílias

Atender mais de 3 mil famílias com alimentos e produtos de higiene é o objetivo de uma série de mobilizações que terá início com um drive thru solidário organizado neste sábado (14), em Curitiba. A campanha visa amenizar a situação de vulnerabilidade vivida por 17%* da população brasileira, que passou por dificuldades extremas durante a pandemia.

Os itens arrecadados, no estacionamento do Campus Curitiba da PUCPR (Entrada 1), serão destinados para seis comunidades do SOS Vila Torres. O projeto foi criado em março de 2020 para atender emergencialmente famílias da região. Nos primeiros seis meses, arrecadou 10 mil cestas básicas. Conforme a situação foi se agravando, o apoio foi estendido. Atualmente lares das comunidades Assentamento Nova Guaporé, Caximba, Parolin e Portelinha também recebem auxílio.

Segundo o coordenador do SOS Vila Torres, Padre Joaquim Parron, o momento pede a solidariedade de todos. Ele conta que atualmente a demanda é de pelo menos 2,5 mil cestas mensais, mas que as doações tiveram uma queda de pelo menos 30% nos últimos meses. “Nesse tempo em que as pessoas vulneráveis sofrem terrivelmente as consequências da pandemia, necessitamos urgentemente da solidariedade por meio de doação de alimentos não perecíveis. A dor da fome continua afligindo muitas pessoas pobres das vilas que atendemos, por isso pedimos a generosidade da sociedade”.

Um estudo recente da Unicef aponta que cerca de 27 milhões de brasileiros deixaram de comer em algum momento porque não havia dinheiro para comprar alimento. De acordo com a Fundação de Ação Social (FAS), dados compravam o aumento de famílias em situação de vulnerabilidade social em Curitiba, desde o início da pandemia da covid-19.  Analisando os 12 meses anteriores à pandemia (mar/2019 a fev/2020) e 12 meses pós-início da pandemia, houve aumento de 14% do total de famílias atendidas nos CRAS, porta de entrada para famílias carentes na assistência social e para acesso a benefícios sociais.

Dia do Marista

A ação de arrecadação, organizada pela Província Marista Brasil Centro-Sul (PMBCS) e Grupo Marista, faz parte da campanha do Dia do Marista. A programação também inclui uma live celebrativa pelo youtube e segue com 40 pontos de coleta de alimentos e produtos de higiene espalhados por Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Goiás e Distrito Federal entre os dias 16 e 27 de agosto.

O diretor executivo da Província Marista Brasil Centro-Sul, June Cruz, lembra que famílias em situação de risco já enfrentavam dificuldades financeiras antes da pandemia, e ações como essa amenizam o cenário que tem se agravado nesse período. “Gestos como esse representam uma oportunidade de reafirmar ainda mais os valores que fazem parte da nossa identidade”.

Doações financeiras para compra de cestas básicas

A campanha Quando o amor resiste, a fome desiste, do Grupo Marista, que visa arrecadar dinheiro para comprar cestas básicas para mais de 900 famílias de alunos de 19 unidades do Marista Escolas Sociais, que se encontram em extrema pobreza, também faz parte das ações de solidariedade organizadas pelos maristas no mês de agosto. As doações financeiras poderão ser feitas até 20 de setembro. A meta é arrecadar R$352 mil, para ajudar mais de 900 famílias por 6 meses.

*A informação faz parte da terceira rodada da pesquisa “Impactos Primários e Secundários da Covid-19 em Crianças e Adolescentes”, da Unicef, e é referente ao percentual de brasileiros que deixaram de comer em algum momento porque não havia dinheiro para comprar mais comida.

Serviço

14/08/21

9h às 16h – Drive Solidário, no estacionamento do Câmpus Curitiba da PUCPR (Entrada 1), – Imaculada Conceição, 1155 – para recebimento de doações de alimentos não-perecíveis e produtos de higiene.

16/08/21 até 27/08/21

40 pontos de coleta de alimentos e produtos de higiene no Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Goiás e Distrito Federal. Informações em: https://solidariedadequeaquece.marista.org.br/dia-do-marista/

Até 20/09/21

Quando o amor resiste, a fome desiste: doações financeiras para compra de cestas básicas.