Acusado de matar jovem em tabacaria no Ganchinho se apresenta em delegacia e confessa crime

Marcos Felipe, principal suspeito de atirar e matar Leonardo Rodrigues dos Santos, 23 anos, se apresentou na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Curitiba na tarde desta segunda-feira (17).

Leonardo foi morto com um tiro na nuca, durante a madrugada de sábado (15), dentro de uma tabacaria localizada no bairro Ganchinho.

Segundo informações do delegado Victor Menezes, responsável pelo caso, Marcos confessou o crime. O acusado relatou que durante a festa ele jogou água na cabeça de uma mulher. Leonardo não gostou da brincadeira e, antes de começarem a discutir, Marcos atirou contra a vítima.

Algumas testemunhas apontaram que o crime teria acontecido por ciúmes, pois a ex-namorada do suspeito se envolveu com Leonardo no dia da festa na tabacaria. No entanto, Marcos não confirma essa versão.

Cerca de quatro testemunhas já foram ouvidas. Novas pessoas ainda devem ser chamadas.

Após prestar depoimento, Marcos foi embora. Um pedido de prisão preventiva pode sair nos próximos dias.