Café e leite em pó entrarão em oferta nos Armazéns da Família de Curitiba

A partir da terça-feira (25), a Semana da Economia dos Armazéns da Família de Curitiba, que oferta o menor preço da cidade sempre em dois produtos para alimentação, disponibiliza o pacote de 500 gramas de café da marca Da Manhã a R$ 8,95 e o pacote com 400 gramas de leite em pó Frimesa por R$ 12,85. Os preços promocionais vão até o sábado (29/10).

Frango e Macarrão continuam

Devido ao sucesso de vendas dos produtos, frango a passarinho Copacol por R$ 7,69 e macarrão pena Floriani por R$ 1,99, a Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN) decidiu manter os itens na Semana da Economia. Será a terceira semana seguida em que os produtos estarão com os valores mais baixos.

Como funciona

A cada semana, a Prefeitura oferta o menor preço da cidade em dois produtos da cesta básica vendidos nos Armazéns da Família. O secretário de Segurança Alimentar e Nutricional, Luiz Gusi, lembra que a Semana da Economia valoriza o poder de compra das famílias e exerce também um efeito regulador de preços no mercado.

“É uma iniciativa que beneficia toda a população, principalmente em tempos de grande insegurança alimentar”, destacou Gusi.

Mutirão de cadastramento

Os Armazéns da Família estão promovendo mutirões de cadastramento para facilitar a adesão ao programa às pessoas que não têm acesso a computadores e smartphones ou que têm dificuldade para se cadastrar. Desde 2019, o cadastro é feito por autoatendimento on-line pelo portal do programa ou pelo aplicativo Curitiba App, no ícone Armazém da Família.

Depois de passar pelas regionais do Boa Vista, Santa Felicidade, Cajuru, Tatuquara e Boqueirão, o mutirão estará na Regional do Pinheirinho na quinta e sexta-feira (26 e 27/10). As próximas regionais a receber o mutirão serão Matriz (8 e 9/11), Portão (17 e 18/11) e CIC (29 e 30/11).

O mutirão é promovido pela Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional com a apoio das administrações regionais. Podem se cadastrar moradores de Curitiba com renda familiar de até cinco salários-mínimos.

Para fazer o cadastro, o interessado deve levar documentos de todos os membros da família ou de todos os moradores da residência.

Informações da Prefeitura de Curitiba