Carro de homem que matou a ex na frente de escola é encontrado no interior do Paraná

A Polícia Militar recuperou nesta terça-feira (1º) o carro usado pelo suspeito de assassinar a ex-esposa Suellen Rodrigues, de 29 anos, em Curitiba. O crime aconteceu na tarde de segunda-feira (31) na frente da escola onde os filhos da vítima estudavam – as crianças presenciaram o crime e tiveram que ser amparadas por professores.

O principal suspeito do crime é o advogado e ex-policial civil Jaminus Quedaros de Aquino, 59 anos. O crime foi testemunhado por várias pessoas e os próprios filhos dele confirmaram à polícia que viram o pai atirando contra a mãe. As crianças estavam entrando na escola para começar o turno da tarde.

O carro dele foi abandonado em uma estrada rural de Guamiranga, no interior do Paraná. A Polícia Civil de Prudentópolis foi acionada para acompanhar o caso e confirmou que o veículo é mesmo de Aquino, que ainda não foi encontrado.

Foto: Reprodução/Copas Verdes FM

Os investigadores de Prudentópolis recolheram o veículo, que deve ser periciado nas próximas horas.

Relembre o caso

Suellen Rodrigues deixava os filhos para o turno da tarde na Escola Municipal Donatila Caron dos Anjos quando foi surpreendida pelo homem de 57 anos, que é pai das crianças. Eles conversaram por alguns segundos e ele atirou. Depois, fugiu em um carro branco.

A vítima era de Prudentópolis, e estava em Curitiba há poucos dias para fugir do ex-marido. Ela foi atingida por três tiros.

Imagem do carro abandonado: Copas Verdes FM.