Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
19.9ºC

Caso Muggiati: pai de réu presta depoimento no 2º dia do júri

Barbara Schiontek

Avatar photo
Avatar photo

Barbara Schiontek

Com colaboração de Douglas Bandeira

O julgamento do caso Muggiati continua nesta terça-feira (9). Pela manhã, o pai de Rafael Suss Marques, réu acusado de matar por asfixia a namorada e fisiculturista Renata Muggiati, prestou depoimento.

Foto: Reprodução | Redes sociais

O pai de Rafael, que também é médico, falou sobre o comportamento do filho e rebateu algumas informações técnicas levantadas durante o caso.

A testemunha disse que na época Renata estava abalada emocionalmente por dois motivos: Rafael queria terminar o relacionamento e ela havia sido pega em exames antidoping durante as competições de fisiculturismo.

No Tribunal do Júri, o pai do réu citou um episódio em que eles encontraram Renata trancada no apartamento. Quando eles conseguiram arrombar a porta, viram que a atleta havia misturado bebidas alcoólicas com uma grande quantidade de remédio.

Durante o depoimento, o homem também falou sobre a corrupção no Instituto Médico Legal (IML). Ele alegou que sofreu uma tentativa de extorsão de um dos médicos. Depois de ouvir a situação, ele informou o advogado da família que o orientou a fazer uma denúncia no Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco).

Por meio de cálculos, engenheiro questiona versão que Renata foi jogada pela janela

No início da tarde desta terça, a defesa de Rafael convocou um engenheiro especialista em cálculos para ser assistente técnico.

Por meio de cálculos, o profissional afirmou que alguns laudos periciais da Polícia Civil (PC) estão equivocados.

Durante o depoimento, o engenheiro contou que pegou a planta do apartamento e analisou que havia um móvel na janela. Ele fez os cálculos e alegou que seria difícil Rafael ter jogado Renata da janela.

Ele também afirmou que a posição com que a vítima foi encontrada no chão não seria a mesma se ela tivesse sido lançada.

Por fim, o profissional criticou a reconstituição do caso, pois afirma que usaram um protótipo que não tinha o mesmo peso da fisiculturista.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia