Cerca de 200 motociclistas homenageiam jovem que morreu empinando moto; assista

Familiares e amigos de Rayssa Alves, 20 anos, que morreu após se envolver em grave acidente na última quarta-feira (16), prestaram as últimas homenagens à jovem. Entre eles, também estavam praticantes do grau, nome da ação em que se empina a moto.

O acidente, que ocorreu no bairro Boa Vista, em Curitiba, aconteceu após Rayssa empinar a moto próxima a uma viatura policial e, em seguida, fugir da abordagem, o que a fez perder o controle e bater na lateral de um carro.

Cerca de 200 motociclistas se uniram para homenagear a jovem, acelerando e fazendo barulhos com as motos. O velório de Rayssa foi no cemitério do Santa Cândida.

Os amigos e praticantes do grau falaram sobre o acidente e levantaram a possibilidade de existir um lugar para que a modalidade possa ser feita em segurança.

Confira a homenagem: