Cinco suspeitos de fazerem parte da ‘gangue da correntinha’ são presos pela polícia

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu nesta quinta-feira (21) cinco suspeitos de integrarem gangues que assaltam pedestres em Curitiba. Conhecidos por ‘gangue da correntinha’, ou ‘gangue do empurra-empurra’, os grupos levam celulares, correntes e carteiras.

Segundo a PCPR, foram identificados 16 suspeitos de participarem dos assaltos. Sete mandados de prisão foram expedidos, e cinco já foram cumpridos. A polícia identificou que outros dois envolvidos seriam menores de idade, e a investigação está sendo feita pela Delegacia do Adolescente.

Leia também:

Os membros da gangue seriam jovens que moram na Região Metropolitana, em municípios como Colombo e São José dos Pinhais, mas que vão até o centro da capital para cometer os crimes.

Os assaltantes atuam em parques e restaurantes da cidade. Eles fazem os roubos em conjunto, com duas ou três pessoas: uma atua como segurança, outra como ‘olheiro’, e ainda há membros da gangue que roubam e fogem de bicicleta.

A Polícia Civil busca identificar quem seriam os receptadores dos produtos levados pelas gangues.