Contadora, advogada e servidor público levam prêmios do Nota Curitibana

A Prefeitura de Curitiba promoveu, nesta quinta (2), a entrega dos prêmios do 43º sorteio do programa Nota Curitibana, que gera créditos e prêmios para quem coloca CPF nas notas fiscais no setor de serviços.

O primeiro prêmio, de R$ 50 mil, foi para a contadora Ioanna Nicou, moradora do bairro Juvevê. O segundo prêmio, de R$ 20 mil, ficou com a advogada Larissa Graebin de Sousa, que mora no Ahú. Os R$ 10 mil do terceiro prêmio foram para o advogado e servidor da Cohab Reginaldo Nogueira Guimarães Júnior, que mora em Santa Felicidade. Os valores, que são depositados na conta dos ganhadores, já estão livres de Imposto de Renda.

A Associação Caminho da Vida – Lar Dona Vera, indicada pela segunda premiada, recebeu R$ 10 mil e o Asilo São Vicente de Paulo, escolhido pelo terceiro premiado, levou R$ 5 mil.

Os prêmios foram entregues pelo prefeito Rafael Greca, que estava acompanhado pelo secretário de Planejamento, Finanças e Orçamento, Cristiano Hotz, do superintendente fiscal da secretaria, Mario Nakatani Júnior, e do coordenador do programa Nota Curitibana, Eduardo Makowski.

“Obrigado por pedir CPF na Nota e ajudar a cidade a inibir a sonegação e ainda ajudarem as entidades sociais”, disse o prefeito.

Concorreram no sorteio 1.683.203 bilhetes, pertencentes a 83.509 pessoas, que indicaram o CPF nas notas de serviço emitidas em janeiro de 2022.

CPF na Nota

Ioanna Nicou levou a filha Helena, de 6 anos, para receber o cheque simbólico do prefeito. “Sempre peço nota. Até a Helena sabe o número do CPF para colocar na nota”, disse ela, que tem planos de realizar uma viagem com o prêmio.

Larissa de Souza, que ganhou R$ 20 mil, sempre pede nota fiscal em serviços como salão de beleza, lava-car e dentista.  “Não esperava ganhar. Vou usar para meus projetos pessoais”, afirmou. “No meu caso, o recurso vai ajudar nas despesas”, completou Reginaldo Nogueira Guimarães Júnior.

No Lar Dona Vera, que atende 40 crianças e adolescentes de 0 a 18 anos, o recurso vai ajudar a colocar as contas em dia. “Veio em muito boa hora”, contou Mônica Tindó, presidente da instituição social.

Benefícios para todos

Lançado em 2018, o programa Nota Curitibana incentiva a emissão de nota fiscal na área de serviços e contribui para inibir a sonegação de impostos ao mesmo tempo em que gera créditos e distribui prêmios para o contribuinte.

Para participar dos sorteios, o contribuinte precisa fazer um cadastro no https://nota.curitiba.pr.gov.br e informar o CPF na emissão da nota fiscal quando contratar um serviço. O contribuinte pode indicar uma entidade social para receber um prêmio adicional se for premiado. Entidade e premiado não dividem o prêmio.

Além de participar do sorteio, os contribuintes têm de volta parte do Imposto Sobre Serviços (ISS) pago em cada nota emitida com indicação do CPF. Os créditos gerados podem ser transferidos para uma conta bancária, usados para recarregar o cartão-transporte, ou ainda para abater até 50% do valor do IPTU do ano seguinte.

É possível pedir o CPF na nota de serviços em estabelecimentos como planos de saúde, escolas particulares, lavanderias, corretagem de seguros, faculdades, cursos de idiomas, construtoras, oficinas mecânicas, empresas de vigilância e limpeza, dentre outros.

Desde o seu início, o Nota Curitibana já distribuiu R$ 10,4 milhões em prêmios, contemplando até agora 94.738 participantes e 82 entidades de assistência social. O programa conta com 174.523 cidadãos cadastrados.

As informações são da Prefeitura Municipal de Curitiba.