Curitiba fará testes com ônibus elétricos da fabricante Eletra

A Prefeitura de Curitiba testará os ônibus elétricos da fabricante brasileira Eletra. O assunto foi tratado em reunião, nesta terça-feira (13), entre o prefeito Rafael Greca e a presidente da montadora, Milena Romano, no Palácio 29 de Março.

Os ônibus elétricos não geram emissões e ruído e são considerados o futuro da mobilidade nas grandes cidades.

A implantação de ônibus elétricos é base do Programa de Mobilidade Sustentável de Curitiba, que tem como âncora os projetos de evolução do transporte curitibano, do Inter 2 e Leste-Oeste, com financiamentos externos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do New Development Bank (NDB), respectivamente.

Única fabricante brasileira de ônibus 100% elétricos, a Eletra, com unidade industrial em São Bernardo do Campo (SP), vai disponibilizar um veículo de 15 metros para ser utilizado na região do Tatuquara no fim de setembro e outro, articulado, com 21,5 metros, para as linhas Inter 2 e no Interbairros 2, em novembro. Cada ônibus será testado por um período de 60 dias.

Os veículos têm chassis Scania e Mercedes-Benz, carroceria Caio e bateria e motores Weg. A fábrica da empresa no ABC paulista tem capacidade para produzir 1,8 mil ônibus elétricos e híbridos por ano.

Testes técnicos

O presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), Ogeny Pedro Maia Neto, destaca que a Eletra é a primeira montadora a fazer os testes técnicos já no âmbito do Edital de Chamamento Público 001/2022 para Acordo de Cooperação Técnica Visando a Demonstração Operacional de Ônibus Elétricos no Município de Curitiba.

As demonstrações realizadas terão como finalidade fornecer subsídios técnicos e operacionais para futuras contratações e licitações do município.

Atualmente, apenas 4% da frota de ônibus da cidade funciona com energia limpa ou de baixa emissão. No médio prazo, até 2030, 33% da frota deverá operar com emissão zero; alcançando 100% até 2050, como parte do Plano de Ação Climática (PlanClima), a alinhado às ações globais de sustentabilidade.

Mês da Mobilidade

Curitiba marcou para setembro uma série de ações que celebram a mobilidade sustentável na capital. As atividades ocorrem de 16 a 29 e celebram também a Semana da Mobilidade, que inclui o Dia Mundial sem Carro, em 22 de setembro.

A programação inclui a demonstração do ônibus elétrico da chinesa Higer. A ação será lançada na próxima sexta-feira (16), no Parque Tanguá.  

Para a população, o modelo da Higer poderá ser conferido em viagens gratuitas, de hora em hora, nos dias 17 e 18. O ônibus fará a ligação entre o Terminal Campina do Siqueira e o Parque Barigui das 9h às 20h.

Já entre 19 e 23 de setembro, o ônibus fará viagens, com bilhetagem e pagamento por cartão transporte, de débito e crédito, em cinco linhas do transporte coletivo. A primeira linha que testará a tecnologia será a 801 Campina do Siqueira/Batel; no dia 19. No dia seguinte (20/9) será a vez da 380 Detran/Vicente Machado, seguida pela 617 Jardim Ludovica (21/9); 654 Campo Alegre (22/9) e 826 Campo Comprido/CIC (23/9).

Informações da Prefeitura de Curitiba