Curitiba inaugura primeira luminária inteligente 5G do país

Curitiba começou a testar, nesta quarta-feira (22), uma inédita luminária pública inteligente com a antena 5G integrada. A capital paranaense é a primeira cidade do país a receber a nova tecnologia de redes móveis, que faz parte do programa Conecta 5G, em uma parceria da Prefeitura de Curitiba, Ministério das Comunicações, Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e operadora Ligga Telecom.

A luminária foi instalada na Avenida Cândido de Abreu esquina com Rua Lysimaco Ferreira da Costa, no Centro Cívico.

“As redes de quinta geração são apontadas como uma infraestrutura com potencial de revolução, tanto para a indústria 4.0 quanto para o processo de adoção de novos serviços de cidades inteligentes. Por isso, a importância de Curitiba participar do Conecta 5G e testar a tecnologia”, destacou o prefeito Rafael Greca, na cerimônia que marcou o início dos testes, realizada no Palácio 29 de Março. 

O evento teve também a participação do ministro das Comunicações, Fábio Faria; do governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior; e do presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet; além de executivos de empresas parceiras do programa, como Ligga Telecom, Nokia, Juganu e Qualcomm, e outras autoridades.

Nova tecnologia

A luminária pública inteligente com a antena 5G integrada permitirá a realização de testes para aplicações da nova tecnologia, trazendo benefícios para a população e empresas, como uma melhor gestão urbana em serviços das áreas como educação, telemedicina e segurança pública, além de impulsionamento da economia local. As conexões são em média 100 vezes mais rápidas que o 4G, com transferência de dados sem atrasos (baixa latência).

A tecnologia que começa a ser testada em Curitiba, na prática, transforma as lâmpadas de iluminação pública em antenas de celular que espalham como wi-fi o sinal do 5G. O equipamento ainda tem outras funcionalidades voltadas para cidades inteligentes, como câmeras de videomonitoramento, telegestão, reconhecimento facial, gestão semafórica e sensor de ruído.

Nessa fase de testes em Curitiba, a luminária inteligente oferecerá a rede 5G para conexões entre equipamentos urbanos, como semáforos inteligentes, e aplicações empresariais. A população não terá acesso ao sinal 5G, mas poderá usufruir de uma internet de melhor qualidade, a partir da rede wi-fi instalada também no equipamento e serviço fornecido pela Ligga Telecom.

Para o governador Carlos Massa Ratinho Júnior, o melhor lugar para iniciar os testes com a tecnologia 5G é o Paraná e a capital do estado. “Curitiba é a cidade da inovação, da transformação e do pioneirismo em todas as áreas, principalmente urbana e tecnológica. É considerada uma das dez cidades mais inteligentes do planeta. É um orgulho para nós que o Conecta 5G comece aqui trazendo uma grande transformação na vida das pessoas”, afirmou o governador.

Mais 13 cidades

Os testes do projeto-piloto serão realizados em várias faixas da tecnologia 5G, como as de 27.5 e 27.9 GHz (gigahertz) que serão avaliadas em Curitiba, mais próximas da necessidade do setor produtivo, em especial a indústria 4.0. A luminária foi desenvolvida pelas empresas Nokia e Juganu e utiliza a tecnologia de chipset da Qualcomm.

O Conecta 5G inicia em Curitiba e também será implantado em 13 outras cidades brasileiras: Maceió (AL), Juiz de Fora (MG), Ceará-Mirim (RN), Petrolina (PE); Araguaína (TO), Jaraguá do Sul (SC), Picos (PI), Sorocaba (SP), Paraipaba (CE), Pato Branco (PR), Foz do Iguaçu (PR), Parauapebas (PA) e Canaã dos Carajás (PA).

Informações da Prefeitura de Curitiba