Curitiba sobe no ranking de educação entre as capitais

Curitiba subiu da quarta para a terceira colocação entre as capitais no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) dos anos iniciais do ensino fundamental. O Ideb é o principal indicador da qualidade do ensino no país.

Os dados referentes a 2021 foram divulgados nesta sexta-feira (16) pelo Ministério da Educação.

Curitiba registrou Ideb de 6,0 nos anos iniciais e ficou à frente de grandes cidades, como Belo Horizonte (5,8), São Paulo (5,7) e Rio de Janeiro (5,8), e das duas outras capitais do Sul, Florianópolis (5,9) e Porto Alegre (5,2).

O Ideb mede a qualidade do ensino com base em dados sobre aprovação e desempenho escolar obtidos em provas de língua portuguesa e matemática do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), do Instituto de Pesquisa Anísio Teixeira (Inep).

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, lembra que as avaliações foram feitas em 2021, durante a pandemia da covid-19, quando as crianças ficaram reclusas e a rede precisou criar um modelo pedagógico para ensino à distância.

Além de Curitiba, duas capitais atingiram 6,0 ou mais de média no Ideb dos anos iniciais, meta estipulada pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). Teresina teve 6,3 e Palmas 6,1. A média do Brasil foi de 5,5.

Informações da Prefeitura de Curitiba