Diferença do preço da gasolina nos postos de Curitiba chega a quase 60 centavos

Com a redução do preço da gasolina nas últimas semanas, o combustível está custando menos de R$ 6,00 na maior parte dos postos em Curitiba. O preço, porém, varia entre os estabelecimentos, com alguns cobrando mais barato do que outros.

Uma pesquisa no aplicativo Menor Preço, que indica os postos com gasolina mais barata com base nas notas fiscais emitidas para os clientes, apontou uma diferença de R$ 0,59 entre o menor e o maior valor do litro da gasolina na capital. 

Os postos mais baratos, segundo a lista, estão cobrando R$ 5,50 o litro. Já o estabelecimento onde a gasolina é mais cara fica no bairro Água Verde e cobra R$ 6,09. A pesquisa foi feita nesta terça-feira (26).

No dia 1º de julho, quando o Governo do Paraná anunciou a redução da alíquota do ICMS de 29% para 18%, baixando o preço da gasolina, o governador Ratinho Junior (PSD) afirmou que o Procon iria fiscalizar os postos de combustíveis para ver se todos estavam cumprindo a redução.

Em nota enviada ao Massa News, o Procon afirmou que a diferença entre os postos de combustíveis é normal, considerando fatores como demanda e localidade. Os estabelecimentos que cobram preços abusivos são notificados.

Segundo o Procon, a primeira fiscalização ocorreu no dia 8 de julho, em 225 estabelecimentos, e que quase todos os postos estavam aplicando os novos valores: “Em alguns postos, nos quais não houve redução, a alegação foi de que não houve reposição de estoques dos combustíveis já com as novas alíquotas”.

Após a Petrobras reduzir o preço do combustível repassado às refinarias, o preço da gasolina caiu novamente. Assim, o Procon deve fazer novas rodadas de fiscalização nas próximas semanas.

Paranaenses podem pesquisar onde vende gasolina mais barata

No Paraná, o aplicativo Menor Preço indica os estabelecimentos que estão cobrando mais barato pela gasolina. Basta baixar o app e fazer a busca filtrando pela localização.

O Procon também orienta os consumidores a pedirem a nota fiscal quando abastecerem os veículos, para que o sistema seja alimentado e os resultados aprimorados.