Em fase de teste, primeira estação meteorológica da Defesa Civil é instalada em Curitiba

A primeira estação meteorológica adquirida pela Defesa Civil de Curitiba foi instalada nesta terça-feira (20). O equipamento foi instalado na sede da Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito, no Batel, onde será analisado diariamente pela Defesa Civil.

Esta fase servirá para validar o serviço que deverá ser implantado nas dez regionais da cidade, com o objetivo de ampliar a capacidade de prevenção de desastres.

“Essa é uma fase de prova de conceito, prevista em edital, para testar o equipamento e suas funcionalidades. Após a aprovação, a instalação segue para diversos pontos estratégicos da cidade”, explica o coordenador da Defesa Civil de Curitiba, Nelson Ribeiro.

A licitação pública feita pela Prefeitura de Curitiba resultou na compra de dez plataformas de coleta de dados meteorológicos e de um software especializado por R$ 487,7 mil. A previsão é que os dispositivos sejam instalados em todas as regionais em até 120 dias.

Funcionalidades

Os equipamentos coletam dados sobre os níveis de chuva e possuem sensores que detectam uma variedade de indicadores climáticos, incluindo rajadas de vento, radiação solar, pressão atmosférica e temperatura. Todas as estações são sustentáveis e operam com energia solar.

De acordo com o coordenador, os equipamentos vêm para ampliar os sistemas de proteção de Curitiba. Hoje a Defesa Civil de Curitiba trabalha com dados do Simepar e do Centro Nacional de Gerenciamento de Desastres, porém as estações destes órgãos estão presentes apenas em alguns locais da cidade.

“Com estas dez estações novas, nós vamos conseguir mapear Curitiba inteira, de forma ampla, e tornar a resposta dos órgãos da Prefeitura mais eficiente”, explica Ribeiro.

Além da abrangência das novas plataformas, o software adquirido também facilita a prevenção de desastres, pois permite que os dados de todos os equipamentos possam ser consultados de qualquer uma das estações.

Informações da Prefeitura de Curitiba