Estudantes recebem Aysha e aprendem sobre cuidados com animais e segurança

Para 140 estudantes da Escola Municipal Nova Esperança, no bairro Fazendinha, a aula foi diferente nesta quinta-feira (10).

A border collie Aysha e uma equipe da Guarda Municipal estiveram na unidade para as atividades do projeto Cão Amigo, desenvolvido pelo Grupo de Operações com Cães (GOC) em escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs).

A guarda municipal Simone de Fátima Lima, adestradora da Aysha, orientou as crianças a respeitarem os animais e deu dicas de segurança para os estudantes. “Não podemos nunca maltratar nenhum animal”, ensinou Fátima.

Foto: Winny Amorim/Rede Massa

Neste início de ano letivo, as atividades com cães já passaram por quatro CMEIs e escolas da CIC e do Portão, com o engajamento de 1.377 crianças e integrantes da comunidade escolar.

Arthur da Silva, do 4º ano do Ensino Fundamental, ficou tão empolgado ao ver Aysha sentar, saltar por dentro de arcos e atuar como “goleira” que decidiu treinar o pitbull da família, o Thor.

“Nossa, ela é muito inteligente, por isso trabalha com os guardas. Vou ensinar o Thor também a fazer muitas coisas”, disse o menino.

Foto: Winny Amorim/Rede Massa

Valentina Cardoso Kauf, do 5º ano, já avisou a professora que quer o GOC mais vezes na escola. “Este dia foi muito especial, vou lembrar sempre”, contou.

A vice-diretora Paula Cristina Pacheco Cornehl explicou que a visita da GM vai embasar diversas atividades pedagógicas que têm animais de estimação como tema, da pré-escola ao Ensino Fundamental.

Carreira precoce

A border collie foi adotada pelo GOC com 50 dias de vida, em maio do ano passado. Desde então, atuou em demonstrações do treinamento, apoio em palestras educativas e como integrante da programação de Natal de Curitiba, entre outras atividades da corporação.

Foto: Winny Amorim/Rede Massa

A raça foi desenvolvida inicialmente para o pastoreio, mas devido à inteligência é bastante versátil. Animais desta raça ajudam a polícia em diversos trabalhos, como a detecção de drogas.

Além de colaborar em ações de integração com crianças, os exercícios da cachorra em escolas são uma parte importante do processo de aprendizado e adestramento.

As atividades da Aysha ocorrem com turmas de todas as faixas etárias, desde CMEIs a colégios estaduais.

Como chamar a Aysha?

CMEIs e escolas interessados no projeto Cão Amigo devem enviar e-mail para [email protected]