Ex-vereadora de Curitiba é condenada pela Justiça por ‘rachadinha’

A ex-vereadora Katia Dittrich, conhecida como Katia dos Animais, foi condenada pela Justiça pela prática de ‘rachadinha’. Ela foi denunciada pelo Ministério Público do Paraná (MPPR) por improbidade administrativa por exigir parte do salário de seus assessores durante seu mandato, que durou de 2017 a 2020.

A 2ª Promotoria de Proteção ao Patrimônio Público de Curitiba argumenta que a ex-vereadora e seu companheiro – também condenado pela participação no crime – exigiam valores de assessores parlamentares vinculados a seu gabinete sob ameaça de exoneração. Os dois alegavam que o dinheiro seria usado para pagar despesas com a “causa animal”, principal área de atuação de Katia.

A decisão do Juízo da 4ª Vara da Fazenda Pública da capital determinou a suspensão dos direitos políticos da ex-vereadora pelo prazo de cinco anos, o pagamento de valor que teria sido ilegalmente acrescido ao seu patrimônio (R$ 1 mil), o pagamento de multa e a proibição de contratar com o poder público, também por cinco anos. Ela ainda pode recorrer da decisão.