Fiscalização em rio de Curitiba tem mais de 2 mil notificações por irregularidades

Os 15 dias de ação integrada de fiscalização, orientação e educação ambiental na microbacia do Rio Uvu, na Regional Santa Felicidade, em Curitiba, resultaram na identificação de sete pontos de poluição hídrica pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e na aplicação de mais de 2 mil notificações por irregularidades ligadas à coleta de esgotos pela secretaria e pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar).

Os trabalhos, que envolveram a Administração Regional e a Associação de Moradores e Amigos do Conjunto Veneza (Amave), aconteceram entre os dias 26 de julho e 11 de agosto.

Identificação

De responsabilidade da Prefeitura, a identificação de problemas que pudessem causar poluição hídrica foi feita com verificação visual e testes com corantes. Mais de sete pontos de lançamento de esgotos em drenagem pluvial (esgotos não interligados) e rompimento de redes de esgoto foram identificados pelas equipes do município.

Nos próximos dois meses, mais de 1,9 mil matrículas (número que identifica a ligação de água do imóvel) também serão notificadas para correção de problemas ligados à poluição hídrica.

Seguem em avaliação e monitoramento as redes coletoras de esgotos nas ruas: Antônio Escorsin; Carlos Chagas; José Parise, Ministro Marcos Freire, Sidônio Muralha; Carlos Belos Benato; Homero C de Oliveira; Serafim Lucca; Joaquim Fressato; Domingos Dalla Bona; Antônio Escorsin; Margarida Dallarmi; José Risseto; Nicolau Boscardin, Francisco Zardo, Acelino Grande, João Parize e as imediações do Conjunto Residencial Virgínia X, IX e IV.

Nos próximos 60 dias, a Secretaria do Meio Ambiente deve encaminhar mais de 500 notificações para imóveis com irregularidades que estão causando danos ambientais. O não atendimento à notificação vai resultar em aplicação de multa ao munícipe, conforme estabelece a Lei 15852/2021, que dispõe sobre a política ambiental da cidade. 

Problemas de rede

Em suas ações de vistoria e orientação foram notificadas pela Sanepar, para interligação na rede pública coletora de esgotos, instalação ou manutenção de caixa de gordura e separação da coleta de água pluvial da rede de esgoto, mais de 1,6 mil matrículas localizados na cabeceira do Rio Uvu, no bairro São Braz. Outros quase 2 mil imóveis vão receber novas vistorias em breve. 

A empresa também promoveu serviços de manutenção preventiva e corretiva em mais de 28 pontos das redes de esgoto, em sua maioria, por conta do mau uso, como o lançamento de resíduos sólidos (bucha, construção civil e gordura). 

Denúncias podem ser feitas à Prefeitura pela Central 156 e solicitações à Sanepar pelo 0800 200 0115

Informações da Prefeitura de Curitiba