Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
18.7ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Hotéis sociais promovem o Dia do Bigode para pessoas em situação de vulnerabilidade

Redação

Redação

Cabelo cortado, barba feita e o visual pronto para uma entrevista de emprego. Esse é o resultado de uma ação voluntária oferecida pelo Departamento de Política Sobre Drogas às pessoas atendidas nos três hotéis sociais que recebem pessoas em situação de vulnerabilidade e em recuperação do uso de álcool e outras drogas, em Curitiba. 

Foto: Daniel Castellano / SMCS

Desempregado há três meses e participante do projeto do hotel social há 30 dias, Fabiano Moreira foi um dos 18 primeiros a receber o serviço nesta semana, na unidade localizada na Avenida Affonso Camargo. Ele tem buscado novas oportunidades como entregador e, enquanto isso, vende doces durante o dia.

Marcio Ramos Silva, recém-chegado à Capital e auxiliado por assistente social na Rodoviária, também pediu auxílio para melhorar o currículo e procurar vagas de trabalho. Ele estava sendo atendido em um dos hotéis da Fundação de Ação Social (FAS). “Poder tomar um banho, ficar fora do frio e me alimentar já estava de bom tamanho. E agora Deus abençoou com esse corte de cabelo”, disse ele.

O serviço foi possível por meio de uma parceria entre o Departamento de Política Sobre Drogas, vinculado à Secretaria de Defesa Social e Trânsito, e voluntários, coordenados pelo jovem Leonardo Marques, que tem dois salões na região sul da cidade.

“Tenho essa vontade de fazer mais, de passar um amor para as pessoas que possam se sentir colocadas novamente na sociedade. Como trabalho com isso, pareceu ser uma opção natural”, compartilhou ele, que motivou colegas a se juntarem à iniciativa.

“Não é só o corte de cabelo, é uma experiência. A pessoa se sente abraçada”, acredita Vinícius Duller, também voluntário da ação.

Nas próximas semanas, a atividade será estendida às outras duas sedes do projeto: Nova Morada e Vida Nova (hotéis sociais).

Hotéis sociais

Os três hotéis sociais que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social e em recuperação do uso de álcool e outras drogas atendem com capacidade máxima de até 150 ocupantes no Centro da cidade. Coordenado pelo Departamento de Política Sobre Drogas, o trabalho ganhou uma relevância ainda maior durante o enfrentamento da covid-19.

São 50 vagas em cada hotel, localizados na Rua Visconde do Rio Branco, Alameda Cabral e Avenida Presidente Affonso Camargo. As unidades integram a rede de apoio estruturada pela administração municipal – o acesso a eles é condicionado ao encaminhamento feito pela Saúde (aqueles que já fazem tratamento nos Centros de Atenção Psicossocial – Caps) e pela FAS.

Informações da Prefeitura de Curitiba

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia