Imagens de câmeras mostram movimentação de jovem que morreu na Pedreira

Imagens de câmeras de segurança mostram a movimentação do estudante Phelipe Francisco Lourenço, 24 anos, que morreu no domingo (14), após evento na Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba.

Nas imagens, é possível ver Phelipe correndo pelo espaço após o término do festival.

Os registros mostram o estudante de Engenharia Mecânica pulando um muro, que acessa uma área restrita. Ele tenta sozinho, mas após não conseguir, recebe a ajuda de desconhecidos. Outras imagens mostram o jovem correndo pelo espaço e passando por funcionários e pessoas que estavam saindo do evento.

Phelipe foi encontrado no lago da Pedreira. Segundo as informações da investigação, a causa da morte aponta para afogamento. O estudante chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

De acordo com a delegada Tathiana Guzella, o médico legista do Instituto Médico Legal (IML) informou à polícia que Phelipe apresentava algumas lesões pelo corpo, mas que elas não teriam capacidade de causar a morte do jovem.

A polícia ainda aguarda o laudo de necropsia, que pode indicar com mais detalhes a causa da morte e também vai trazer o resultado do exame toxicológico. 

O caso

Conforme relato de testemunhas e da organização do festival, Phelipe foi encontrado por volta das 3 horas dentro do lago da Pedreira, em área onde não havia atividades do festival e onde o acesso do público era proibido.

Ele foi socorrido e levado até a UPA do Boa Vista, mas chegou ao local já sem sinais vitais. Houve tentativa de reanimação, mas ele não resistiu. O corpo foi levado ao IML.

Para a família, o jovem foi espancado e jogado no lago onde foi encontrado. Eles afirmam que o corpo de Phelipe tem marcas de agressões e sinais de enforcamento. Na manhã de domingo (14), os familiares fizeram um protesto no local, e os responsáveis pela Pedreira Paulo Leminski e Ópera de Arame cancelaram as atividades dos espaços.

A Pedreira afirma que está contribuindo com as autoridades na apuração do caso e que imagens de câmeras de segurança devem ajudar na investigação.

Leia mais