Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
20.6ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Macrodrenagem diminui riscos de alagamentos em bairros de Curitiba

Redação

Redação

Cada vez mais fortes e intensas por causa das mudanças climáticas do planeta, as chuvas de verão colocam as cidades em alerta constante para o risco de inundações. Frente a esse desafio global com impacto imediato na vida urbana local, a Prefeitura de Curitiba trabalha constantemente para prevenir enchentes.

Curitiba realiza constantes ações de macrodrenagem para reduzir riscos de alagamentos. (Foto: Divulgação)

Com o Programa Curitiba Contra Cheias, coordenado pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop), por meio do Departamento de Pontes e Drenagem, Curitiba amplia a capacidade de escoamento das águas pluviais com serviços, obras e manutenções de macrodrenagem por toda a cidade. 

Além das ações do poder público municipal, é essencial que a população faça sua parte, e não descarte entulhos e outros resíduos em rios e córregos, o que causa o assoreamento dessas áreas. Por mês, 290 toneladas de entulho e lixo são recolhidos pelas equipes Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA) nos rios e córregos da cidade.

Veja também:

São obras e manutenções que aumentam a capacidade de rios e córregos resistirem aos transbordamentos e ajudam a capacidade de a rede suportar grandes precipitações. 

Ações contínuas

Entre as obras que estão em andamento, está a construção da bacia de contenção sob o estacionamento do Terminal do Boqueirão, com capacidade de acumular 510 mil litros de água, para reduzir o risco dos alagamentos na região.

Também no Boqueirão, a Smop também segue com a limpeza do Rio Belém; encerrou recentemente a limpeza de rios e córregos no Uberaba, evitando transbordos na região, está finalizando a limpeza do Córrego do Curtume, no Guaíra, e segue com a limpeza de 7,5 mil m² na bacia de acumulação na Vila Rose, na CIC.

Pelos bairros

No bairro CIC, o Ribeirão dos Müller está recebendo a implantação de bacia de contenção, com alargamento e reperfilamento do canal, construção de diques de contenção e de estruturas de controle e recuperação da mata ciliar, mitigando a ação dos temporais e protegendo as famílias ribeirinhas.

Passando pelos bairros Guaíra, Parolin, Lindóia e Fanny, segue a obra de controle de cheias do Rio Pinheirinho, afluente do Rio Belém.

No Campo Comprido, entre as ruas Eduardo Sprada e Maria Bizinelli, no Rio Mossunguê, está sendo construída uma bacia de detenção, com implantação de passarelas, muro, ponte, parque, paisagismo e recuperação de mata ciliar.

Além disso, as equipes atendem a situações emergenciais, como a reconstrução das galerias pluviais na Avenida Victor Ferreira do Amaral, danificadas pelas fortes chuvas ocorridas desde o final de 2022. 

Limpeza e manutenção

Ainda na área de macrodrenagem, outro destaque é o serviço para limpeza e desassoreamento dos rios. Só em 2022, as equipes da Smop limparam e desassorearam 84,7 km de rios e córregos. Mais de 4km de extensão em galerias (4.270 metros) foram implantados ou substituídos. 

Ao todo, a Smop realizou, no ano anterior, 2.139 serviços de limpeza e desassoreamento de rios e córregos, substituição de tubulações de galerias de águas pluviais; limpeza de galerias e construção de muro de arrimo para contenção de taludes nas margens de rios e córregos.

Informações da Prefeitura de Curitiba

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia