Menina de 8 anos recebe título “Mulheres Empreendedoras” na Câmara Municipal de Curitiba

A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) possui um evento que premia mulheres empreendedoras. Entretanto, na segunda-feira (9), em sessão solene, a premiação não foi entregue somente à adultas. Giovana Garcia, de 8 anos, também foi premiada.

Aos quatro anos, quando estudava na Escola Municipal Ana Hella, no bairro Vista Alegre, em Curitiba, uma ação educativa chamada “meu cofrinho, meu futuro”, estimulou Giovana a guardar o dinheiro que ganhava dos pais nos famosos porquinhos de porcelana. Com as economias, a menina promoveu um evento onde houve a venda de livros e bolos, o que ganhou grande repercussão entre os demais alunos e professores. “A minha ideia era poder juntar dinheiro e comprar uma boneca, depois um celular”, conta Giovana que já programa um novo evento para vender bombons ou pulseiras e pingentes para celulares.

A homenagem proposta à menina é iniciativa do vereador Professor Euler (MDB) e traz um simbolismo importante. “É interessante divulgarmos a ação empreendida pela Giovana e dar mérito para ela. Uma criança que já começa aos 4 anos de idade com uma atitude empreendedora, se for incentivada a isso, terá grande tendência de se tornar um empreendedor na fase adulta. E a figura do empreendedor é importante tanto na economia local quanto na nacional, pois gera emprego e renda”, comenta o vereador.

O empreendedorismo jovem também é um dos focos do Sebrae no Paraná. Desde 2013, a instituição desenvolve o programa Educação Empreendedora em escolas públicas e privadas. De olho nos jovens do futuro, cerca de 140 mil crianças devem ser impactadas pela capacitação em cerca de 320 escolas de Curitiba, até o final de 2022. No projeto, crianças do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental aprendem as particularidades do universo empresarial de maneira lúdica. Desenvolvem pequenos comércios, como lojas de brinquedos e de temperos. Aprendem as características do empreendedor, como lidar com o dinheiro, técnicas de negociação e controle emocional.

Eleita como a cidade mais empreendedora do Brasil pelo Ranking Connected Smart Cities 2021, Curitiba triplicou o registro de abertura de novas empresas, só de janeiro a maio do ano passado. 70% delas são formadas por microempreendedores individuais (MEI).