Morre professor que foi agredido durante assalto no centro de Curitiba

O professor de filosofia Aguinaldo Cavalheiro de Almeida, conhecido como Guiga, morreu na madrugada desta quarta-feira (25), no Hospital Universitário Cajuru, em Curitiba.

Ele estava internado desde 12 de março, quando foi brutalmente espancado no Centro Cívico de Curitiba, ficando com diversos ferimentos, especialmente na cabeça. Na ocasião, Almeida teve a bicicleta roubada.

Guiga dava aulas no Instituto Paranaense de Ensino e no Colégio Estadual do Paraná. Nesta quarta, alunos e amigos prestaram homenagens ao professor.

Segundo informações da Polícia Civil (PC), o caso continua sendo investigado.