Motorista que atropelou dois homens na Linha Verde e admitiu embriaguez está em prisão preventiva

A Justiça decretou a prisão preventiva de Bruno César Arruda Tonon, preso em flagrante na noite do último sábado (15) por ter atropelado dois homens na Linha Verde, no Jardim das Américas, em Curitiba. Uma das vítimas, que morreu no local, foi arrastada por cerca de 500 metros pelo condutor.

A vítima foi identificada como Nereu Faria de Lima, de 56 anos. O homem estava junto com um colega empurrando um carro que não estava funcionando. Bruno chegou em alta velocidade e os atropelou.

O motorista chegou a tentar fugir do local, mas foi contido por pessoas que presenciaram o acidente. Quando a polícia chegou, ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi preso em flagrante. Depois, ele admitiu que havia bebido seis latas de cerveja.

Nereu morreu no local. Já a outra vítima teve ferimentos graves na perna e ainda está no hospital.

Bruno Tonon deve responder por homicídio qualificado por embriaguez e lesão corporal causada por embriaguez. As penas podem chegar a 13 anos de prisão.

O caso é investigado pela Delegacia de Delitos de Trânsito.