Movimento SOS Vila Torres promove nova entrega de cestas básicas nesta quarta-feira

O número de pessoas em situação de insegurança alimentar em Curitiba preocupa líderes de movimentos populares da cidade. Segundo dados da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Estado do Paraná (Sejuf-PR) e do Cadastro Único (CadÚnico), em todo o Paraná há 250 mil pessoas enfrentando carência alimentar, sendo mais de 89 mil na capital.

Para ajudar a combater a fome, há movimentos populares que pedem a ajuda da população. O Movimento SOS Vila Torres, por exemplo, tem distribuído mais de 2 mil cestas básicas por mês em sete comunidades de Curitiba.

O Movimento foi criado no início da pandemia do coronavírus, em março de 2020, para atender a população em situação de vulnerabilidade social da comunidade da Vila Torres.

O coordenador do Movimento, o Missionário Redentorista padre Joaquim Parron, afirma que enfrenta dificuldades todos os meses para conseguir arrecadar alimentos suficientes para atender o número de cadastrados.

Entrega de cestas básicas

Nesta quarta-feira (17), o Movimento SOS Vila Torres promove a entrega de 300 cestas básicas as famílias cadastradas. A entrega será a partir das 14h30, na Rua Guabirotuba 770, em Curitiba.