Mulher é acusada de tentar sequestrar crianças em bairros de Curitiba e região

Mães denunciaram uma mulher, identificada como Samia, 28 anos, de tentar sequestrar crianças nos bairros Abranches, Pilarzinho e Barreirinha, em Curitiba, e também em regiões de Almirante Tamandaré.

De acordo com os relatos das mães, publicados em redes sociais, Samia aborda mulheres com crianças pequenas que estão no colo. Ela pergunta se a mãe precisa de ajuda e se o bebê está bem. Dependendo da resposta, a mulher tenta pegar a criança à força.

As mães dizem que ela começa a abordagem com um tom de voz suave. No entanto, quando é negada a ajuda, começa a gritar que quer a criança.

Em entrevista ao Tribuna da Massa, uma mulher relatou que estava com o portão aberto, saindo de casa, quando Samia apareceu. Ela se ofereceu para segurar o bebê, de um ano, que estava no colo da mãe. A mulher negou e Samia começou a puxar o filho dela. A mãe conta que conseguiu empurrar a acusada, que saiu andando pela rua.

Com a divulgação do caso nas redes sociais, um familiar de Samia procurou as mães. Ele contou que a acusada tem autismo e também sofre problemas psicológicos. Segundo o familiar, a mulher tem um filho de cinco anos que foi retirado dela, por não ter condições de cuidar. Depois desse ocorrido, Samia pirou e ficou violenta.

O familiar ainda relatou que ela já foi internada, mas fugiu das clínicas.

Segundo informações de uma das vítimas, a família de Samia a encontrou e ela foi para uma clínica na manhã desta quinta-feira (22).