Mulher em tratamento de câncer na cabeça teme perder a casa em briga judicial com ex-marido

Zenilda manteve uma relação estável com Sidney Vicente Braholka durante 18 anos, mas desde quando descobriu o câncer, o casamento foi se viu em crise

Zenilda, 55, passou as últimas horas após a visita do promotor de justiça arrumando suas coisas. Ela manteve uma relação estável com o marido durante quase 20 anos, mas a descoberta de um câncer na cabeça fez o casamento entrar em crise. Desde então ela briga pela casa que ajudou a construir ao longo dessas quase duas décadas de união.

Agora ela luta também para provar que o imóvel também é dela. Após pedir uma medida protetiva contra o ex, Sidney também acionou a justiça alegando que a casa é dele. E para a surpresa de Zenilda ela recebeu a visita de um oficial de justiça na última quinta-feira (25). A determinação era para que ela deixasse a casa.

A ex-enfermeira tem todos os documentos que comprovam que ela também é dona da casa. Apenas de empréstimos em seu nome, para construir o imóvel, ela investiu quase 30 mil reais. E agora nos últimos anos gastou mais 60 mil com o acabamento. Inclusive faltam oito anos para ela quitar essa dívida que está no seu nome.

Segundo o advogado da vítima, Sidney alegou que o terreno onde a casa foi construída seria fruto de uma herança, mas a escritura do imóvel prova que o terreno foi comprado em 2008 quando o casal já mantinha uma união estável.

Num primeiro momento, Zenilda disse que não iria deixar a casa, mas agora a decisão foi outra. Inclusive gravou um vídeo mostrando que está deixando a casa com todos os móveis. Mesmo contrariada e sem a presença do oficial de justiça, Zenilda decidiu acatar a decisão da justiça

Zenilda conseguiu uma carona com um primo. Pegou seus bichinhos de estimação e foi para a casa de uma amiga, mas acredita que a situação vai ser revertida.

Veja mais detalhes sobre este caso na reportagem completa do Tribuna da Massa Curitiba desta segunda-feira (29):