No centro histórico, Igreja São Vicente de Paulo ganha destaque com nova iluminação

Construída há 90 anos, na rua Jaime Reis, esquina com a rua dos Presbíteros, no bairro São Francisco, setor histórico de Curitiba, a Igreja São Vicente de Paulo recebeu nova iluminação cênica com tecnologia LED, que evidencia os detalhes arquitetônicos da fachada.

O novo sistema luminotécnico destaca a arquitetura neogótica do templo, que apresenta também elementos Art Decó na ornamentação da fachada. A nova iluminação da igreja integra a programação dos 329 anos de Curitiba, celebrados neste mês de março.

Durante o mês de aniversário da capital, oito espaços estão ganhando novas luzes para destacar as fachadas, entre eles o obelisco da Praça 19 de Dezembro (Centro), o mural de Poty Lazzarotto na Praça 29 de Marco (Mercês), o Portal de Santa Felicidade e as igrejas Igreja Bom Jesus dos Perdões (Centro), Igreja Ucraniana Nossa Senhora Auxiliadora (Mercês) e Igreja Imaculado Coração de Maria, no bairro Rebouças.

Comunidade polonesa

O projeto da igreja que foi construída em 1932 é do engenheiro e arquiteto, Evard G. Claasen e a administração é feita pelos padres Vicentinos que dedicam especial atenção à comunidade polonesa radicada em Curitiba. Semanalmente há missas rezadas em polonês na paróquia. 

Para valorizar a arquitetura e a história da igreja foram instalados 83 projetores LED, com luminárias de embutir no piso e projetores fixos com especificações diversas, distribuídos em diferentes espaços como na torre central, que abriga o campanário, e na ornamentação dos pilares voltados para o interior do pátio. Também há novos projetores entre a igreja e o Seminário Vicentino, espaço anexo ao templo e também alcançado com o realce da luz na fachada e no muro.

Foram instalados 39 projetores de solo no entorno da igreja, seminário, palmeiras e muro externo, e outros 44 projetores com especificações para iluminação da torre, da fachada, das esculturas presentes em seis nichos da fachada principal.

Informações da Prefeitura de Curitiba