Operação Metal Nobre bloqueia receptadores de materiais furtados

Equipes do núcleo da Guarda Municipal do Bairro Novo, em Curitiba, e agentes das secretarias do Governo Municipal e do urbanismo deflagraram na manhã desta quinta-feira (15) nova etapa da operação Metal Nobre, série de fiscalizações em locais de recebimento de materiais recicláveis. As vistorias são feitas a partir de denúncias pela população sobre receptação de materiais roubados de equipamentos públicos.

Além do Bairro Novo, a vistoria é feita também na Regional Boqueirão desde terça-feira (13). As equipes passaram por pontos de recebimento de material nos bairros Hauer, Xaxim, Boqueirão e Alto Boqueirão.

A operação Metal Nobre teve início no fim de junho pelos bairros Rebouças e Prado Velho. 

Bairro Novo

Na Regional do Bairro Novo, as equipes compareceram à Rua General Adalberto Massa, no Ganchinho. No local, foram encontrados duas cadeiras de Unidades de Saúde da Prefeitura, com seus respectivos números patrimoniais, e dois portões furtados – um de CMEI e outro de Unidade de Saúde.

Duas pessoas responsáveis pelo local foram encaminhadas para a Central de Flagrantes. Também foram feitas três notificações pela equipe do Urbanismo, com determinação de paralisação, em virtude de ilícitos constatados e atividade de reciclagem em via pública. Com isso, o local precisa ser regularizado quanto ao comércio e armazenamento de materiais recicláveis.

Boqueirão

Na Regional Boqueirão, em três dias de operação, foram vistoriados 30 locais por equipes da Guarda Municipal, fiscais do Urbanismo, Polícia Militar e apoio da administração regional. Vinte pontos foram notificados por falta de alvará ou irregularidade do documento. Os responsáveis têm 48 horas para regularizar a documentação, caso contrário, estarão sujeitos à multa por falta da documentação.

Informações da Prefeitura de Curitiba