Parte dos serviços telefônicos da Prefeitura de Curitiba estará indisponível neste domingo

Os telefones 153 (Guarda Municipal), 199 (Defesa Civil) e 3350-9000 (Central Saúde Já Curitiba) terão atendimento interrompido no domingo (7), das 7 horas às 13 horas. A interrupção é necessária para a manutenção preventiva do sistema de telefonia administrado pela Secretaria de Administração, Gestão de Pessoal e Tecnologia da Informação (Smap).

Neste domingo, excepcionalmente, a Central Saúde Já Curitiba funcionará das 13 horas às 20 horas. O atendimento da Central costuma ser de segunda a segunda-feira, das 8 horas às 20 horas.

O serviço da Central Saúde Já Curitiba é indicado para teleatendimento de casos respiratórios leves e agendamento de alguns serviços, como mamografia e orientações sobre amamentação. 

Em caso de urgência e emergência, a orientação é ligar para o Samu, no 192, ou procurar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que funcionam 24 horas.

GM e Defesa Civil

Com a indisponibilidade do atendimento pelo telefone 153 da Guarda Municipal e 199 da Defesa Civil, a alternativa é ligar para os telefones 190 da Polícia Militar ou 193 do Corpo de Bombeiros.

Durante o período de interrupção temporária do serviço telefônico, a Guarda Municipal continuará à disposição da população em seus postos fixos de atendimento. Em caso de emergência, o cidadão pode se dirigir até esses locais e solicitar atendimento imediato. Confira os endereços.

A Central 156 funcionará normalmente.

Secretarias

Além das centrais da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e da Secretaria da Defesa Social e Trânsito (SMDT), a manutenção do serviço de telefonia afetará também as secretarias que funcionam no Edifício Delta e o Edifício Laucas, sede da SMS, no mesmo horário, das 7h às 13h. Após esse período, todos os telefones voltarão a funcionar normalmente.

O serviço será executado pela empresa contratada pela Prefeitura de Curitiba (Itscon), que fará as atualizações necessárias nos sistemas e a limpeza dos equipamentos. O período escolhido é considerado o mais adequado por registrar historicamente menos ligações.

Informações da Prefeitura de Curitiba