Polícia Civil fiscaliza postos e prende gerente em flagrante por venda irregular de combustível

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) fiscalizou dois postos e prendeu o gerente por venda irregular de combustível em Curitiba, no sábado (14). O homem, de 64 anos, foi autuado em flagrante por adquirir, distribuir e revender derivados de petróleo em desacordo com a lei.

Os estabelecimentos ficam localizados no bairro Atuba. Com apoio de técnicos da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis e do Instituto de Pesos e Medidas do Paraná, os policiais civis constataram irregularidades. Os bicos das bombas estavam entregando entre 80 a 100 mililitros a menos para cada 20 litros de combustível, enquanto a margem de erro é de até 60 mililitros.  

A equipe também encontrou bombas com lacres violados no bloco medidor e painel. Foram recolhidos três conjuntos de placas eletrônicas por apresentarem componentes diferentes dos originais. Os equipamentos serão periciados. 

O preso já tem passagem por ameaça e fraude na entrega de combustível. 

As informações são da Polícia Civil do Paraná.