Polícia conclui inquérito e responsabiliza motorista por morte de idosa em terminal

A Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba concluiu o inquérito sobre o caso da morte de Lourdes Quisbert, 72 anos, atropelada por um ônibus enquanto atravessava a rua na faixa de pedestres, no bairro Sítio Cercado, no dia 14 de julho.

A investigação indiciou o motorista do ônibus por homicídio culposo, ou seja, quando não há intenção de matar. Devido à profissão, o homem pode ter a pena agravada.

Quanto ao passageiro que aparece em pé nas imagens, a polícia concluiu que ele não deve ser responsabilizado. Para a investigação, cabia ao condutor a orientação de onde ele deveria ficar.

Em depoimento, esse passageiro chegou a dizer que estava em pé porque o ônibus estava cheio. No entanto, imagens mostram que o coletivo estava vazio.