Praça Santos Andrade terá ato contra o aumento da tarifa de ônibus nesta quinta-feira

Após o aumento da passagem do transporte coletivo em Curitiba, o Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Paraná (DCE-UFPR) organizou um ato em protesto na Praça Santos Andrade. A manifestação será nesta quinta-feira (3), às 18h30. 

Na última terça (1º), a tarifa na capital passou de R$ 4,50 para R$ 5,50. Em publicação nas redes sociais o DCE criticou o aumento em um momento de crise na economia: “[…] com o aumento do desemprego e da informalidade, a inflação que come o salário dos trabalhadores e a fome batendo na porta, esse aumento representa mais um duro ataque por parte do prefeito Rafael Greca”. 

O DCE ainda criticou a situação do transporte coletivo em Curitiba: “O transporte público da cidade já é caro, lotado e precário. A promessa de cidade modelo ficou no passado, e quem usa os ônibus de Curitiba sofre com o valor da passagem que já era abusivo, e agora querem piorar”. 

A convocação para o ato está sendo compartilhada por estudantes nas redes sociais e conta com o apoio da União Paranaense dos Estudantes.  

Aumento do valor da tarifa 

O novo valor da passagem de ônibus foi anunciado pela Prefeitura de Curitiba no início da semana. O motivo do aumento de R$ 1, segundo o município, foi a inflação custos relacionados ao transporte, como o diesel e o biodiesel, e a redução no movimento de passageiros causada pela pandemia.  

Na Região Metropolitana da capital, a tarifa também sofreu reajustes, com valores diferenciados para pagamento em dinheiro e no cartão transporte.