Projeto social de incentivo à prática de esportes para crianças e jovens une empresa e comunidade vizinha

“É mais uma oportunidade de conquistar meu sonho de ser jogador de futebol”, conta alegre o adolescente Hendrio Ferreira logo após fazer a inscrição para participar do projeto Sorrisos da Vila. A iniciativa, implantada pela Neodent na Cidade Industrial de Curitiba, dentro da comunidade Augusta B, que fica atrás das fábricas da empresa de implantes dentários, oferece aulas de futebol para crianças e jovens de 7 a 15 anos, duas vezes na semana, no contraturno escolar. A frequência e o desempenho nos estudos serão os principais requisitos para participação na escolinha que deve beneficiar mais de 50 crianças já nessa primeira fase 

“As partidas de futebol na quadra sempre foram um ponto de encontro para os jovens daqui. Estamos muito empolgados com esse projeto porque sabemos que a prática de esportes ajuda tanto a criança quanto a família, já que além de ajudar a tirar elas das ruas, também ensina sobre regras, respeito e colaboração”, explica a líder comunitária Mara Aparecida da Silva Ferreira. “Mais do que formar jogadores, queremos contribuir para formar cidadãos”, explica a diretora de Comunicação e Responsabilidade Social Corporativa da Neodent, Raphaela Borba.

Mãe de quatro filhos, a vendedora Fernanda Maciel da Silva também está empolgada com a escolinha de futebol. Os três maiores também se inscreveram para participar das aulas e estão contando os dias para o início do projeto. “Moro aqui pertinho e acompanhei toda a reforma que a Neodent fez na quadra de esportes da comunidade. É muito importante pra gente essas ações, porque tira o foco das crianças da rua e chama para a disciplina, incentivar boas notas na escola, é a chance de um futuro melhor”, afirma Fernanda.

Sorrisos da Vila

A comunidade Augusta B faz parte da Cidade Industrial de Curitiba e tem mais de 4 mil moradores, muitos vivendo em situação de vulnerabilidade social. A reforma da quadra foi influenciada pelo time de futebol formado por colaboradores da empresa, que treinam no espaço que fica aos fundos da fábrica. De lá, eles têm visão privilegiada da quadra usada pelos moradores e que necessitava de reparos urgentes.

Essa reforma levou a uma ação maior e mais efetiva: a criação do programa Sorrisos da Vila, com projetos esportivos ofertados no contraturno escolar, focados no desenvolvimento dos moradores da região e que envolvem a qualificação profissional, criação de oportunidades e o resgate da autoestima.

“Oportunidade. Acho que essa é a palavra que define o projeto. Nossa intenção é nos aproximarmos cada vez mais das pessoas que moram no entorno das fábricas. Realizamos muitas ações sociais em parceria com as lideranças comunitárias, e sabemos que o esporte é fundamental para que essas crianças tenham maior poder de escolha no futuro”, explica Raphaela. “Nesse primeiro momento, serão oferecidas aulas de futebol para meninos e meninas, e depois, queremos ampliar para outros esportes, como vôlei”, acrescenta.