Proprietária de restaurante curitibano é eleita a melhor chef mulher da América Latina

MARCELLA FRANCO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – À frente do restaurante Manu, em Curitiba, a chef Manoella “Manu” Buffara, foi nomeada nesta terça (20) a melhor chef mulher da América Latina em 2022, como parte dos Latin America’s 50 Best Restaurants.

Ela receberá a homenagem no dia 15 de novembro, em Mérida, Yucatán, durante a cerimônia de entrega de prêmios presenciais dos Latin America’s 50 Best Restaurants. Até lá, outros dois prêmios também já serão anunciados.

Em declaração à organização do evento, Manu Buffara comentou a escolha.

“Ser reconhecida não só pela minha comida, mas também pela minha filosofia, é uma honra, e tenho orgulho de partilhar com a minha família e toda a equipe do Manu. Este é apenas o começo para nós, pretendemos usar esta plataforma e o poder das vozes femininas para elevar Curitiba no palco mundial e mostrar em primeira mão como o envolvimento da comunidade em torno da comida pode levar a uma melhor qualidade de vida para todos”, disse.

Antes de abrir o Manu, em 2011, Manoella Buffara havia passado pelo Noma, em Copenhague, e pelo Alinea, em Chicago. Atualmente, ela é responsável pelo primeiro restaurante exclusivo de menus de degustação no Brasil com uma chef feminina no comando.

Desde o lançamento dos Latin America’s 50 Best Restaurants em 2013, a categoria Melhor Chef Mulher da América Latina teve vencedoras como Narda Lepes, Pía León, Leonor Espinosa e Helena Rizzo.

Em julho passado, foram anunciados os 50 melhores restaurantes do mundo, no 50 Best de 2022, em cerimônia realizada em Londres. O Brasil esteve representado com duas casas: A Casa do Porco, em São Paulo, ficou na 7ª posição, e o Oteque, no Rio de Janeiro, que entrou pela primeira vez na lista, em 47º.

O restaurante paulistano especializado em porco e localizado no centro da cidade foi o único brasileiro na lista do ano passado, chegando à 17ª posição.

“Para o Brasil, é muito importante ter mais representantes na lista. Temos uma gastronomia muito rica que o mundo precisa conhecer”, afirmou na ocasião Jefferson Rueda, d’A Casa do Porco.

CONFIRA A LISTA DOS 50 MELHORES RESTAURANTES DO MUNDO PELO 50 BEST

1 – Geranium (Copenhague, Dinamarca)
2 – Central (Lima, Peru)
3 – Disfrutar (Barcelona, Espanha)
4 – Diverxo (Madri, Espanha)
5 – Pujol (Cidade do México)
6 – Asador Extxebari (Achondo, Espanha)
7 – A Casa do Porco (São Paulo, Brasil)
8 – Lido 84 (Gardone Riviera, Itália)
9 – Quintonil (Cidade do México)
10 – Le Calandre (Rubano, Itália)
11 – Maido (Lima, Peru)
12 – Uliassi (Senigália, Itália)
13 – Steirereck (Viena, Áustria)
14 – Don Julio (Buenos Aires, Argentina)
15 – Reale (Castel di Sangro, Itália)
16 – Elkano (Getaria, Espanha)
17 – Nobelhart & Schmutzig (Berlim, Alemanha)
18 – Alchemist (Copenhague, Dinamarca)
19 – Piazza Duomo (Alba, Itália)
20 – Den (Tóquio, Japão)
21 – Mugaritz (San Sebastian, Espanha)
22 – Septime (Paris, França)
23 – The Jane (Antuérpia, Bélgica)
24 – The Chairman (Hong Kong, China)
25 – Frantzén (Estocolmo, Suécia)
26 – Restaurant Tim Raue (Berlim, Alemanha)
27 – Hof Van Cleve (Kruishoutem, Bélgica)
28 – Le Clarence (Paris, França)
29 – San Hubertus (San Cassiano, Itália)
30 – Florilège (Tóquio, Japão)
31 – Arpège (Paris, França)
32 – Mayta (Lima, Peru)
33 – Atomix (Nova York, EUA)
34 – Hisa Franko (Kobarid, Eslovênia)
35 – The Clove Club (Londres, Inglaterra)
36 – Odette (Singapura)
37 – Fyn (Cidade do Cabo, África do Sul)
38 – Jordnaer (Copenhague, Dinamarca)
39 – Sorn (Bancoc, Tailândia)
40 – Schloss Schauenstein (Fürstenau, Alemanha)
41 – La Cime (Osaka, Japão)
42 – Quique da Costa (Dénia, Espanha)
43 – Boragó (Santiago, Chile)
44 – Le Bernardin (Nova York, EUA)
45 – Narisawa (Tóquio, Japão)
46 – Belcanto (Lisboa, Portugal)
47 – Oteque (Rio de Janeiro, Brasil)
48 – Leo (Bogotá, Colômbia)
49 – Ikoyi (Londres, Inglaterra)
50 – SingleThread (Healdsburg, EUA)