Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
21ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Risco de desabamento é grande em sobrado atingido por ônibus após batida com carro

A Cosedi da Prefeitura de Curitiba emitiu um documento informando sobre o perigo de cair a estrutura

Redação

Redação

Permanece no mesmo local, o ligeirinho do transporte público que arrebentou o muro de um sobrado, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), após uma batida com um carro, na manhã desta quarta-feira (5). De acordo com os moradores, o coletivo não foi retirado porque há risco de desabar o imóvel.

(Foto: Juliana Rodrigues/Rede Massa)

A Coordenadoria de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi) da Prefeitura de Curitiba emitiu um documento informando sobre o perigo de cair a estrutura da residência, que é alugada e está interditada.

“Qualquer leigo percebe que a casa pode desabar. A viga principal foi afetada. Como vamos retirar esse ônibus sem um laudo técnico atestando que não teremos problemas, que a casa do meu cliente não vai desabar?”, questionou o advogado Tiago Fedalto em entrevista à Rede Massa.

O morador da casa, Nilson Luis Ferreira, explica que os responsáveis pelo ônibus estariam se isentando da responsabilidade. “Desde ontem estamos brigando porque eles querem tirar o ônibus sem dar um respaldo pra gente, que não vai desabar a estrutura. Essa é a nossa preocupação”, afirmou.

Em nota, a empresa Expresso Azul, responsável pelo coletivo, lamenta o acidente e diz que vai aguardar as definições das responsabilidades pela colisão por parte das autoridades públicas e, assim, adotar os próximos passos.

A Prefeitura de Curitiba informou que, após a colisão, engenheiros da Coordenadoria de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi) precisaram interditar o imóvel devido ao abalo estrutural. O responsável pelo imóvel foi notificado para executar as medidas estruturais de segurança, como escoramento e reforço da estrutura da edificação.

Confira a nota da empresa Expresso Azul na íntegra:

“A primeira ação da empresa foi enviar equipes ao local para dar suporte às vítimas. Após o encaminhamento dos feridos ao hospital, a empresa se colocou inteiramente à disposição das autoridades para ajudar a esclarecer como a colisão ocorreu.

Uma vez que o ônibus bateu contra o sobrado, a empresa enviou um engenheiro civil para fazer uma avaliação visual do imóvel e avaliar possível retirada do ônibus.

A Expresso Azul, também vítima desse acidente, vai aguardar a definição das responsabilidades pela colisão, por parte das autoridades públicas, para adotar os próximos passos.”

(Foto: Juliana Rodrigues/Rede Massa)

O acidente

Uma batida entre um ônibus ligeirinho e um veículo Renault Logan, na Estrada Velha do Barigui esquina com a Rua Cidade de Timbó, na Cidade Industrial de Curitiba, deixou sete pessoas feridas, na manhã desta quarta-feira (5).

Imagens de câmeras de segurança registraram o veículo, ocupado por três pessoas, avançando a preferencial. O motorista do coletivo até tentou desviar, mas perdeu o controle e invadiu um sobrado. Outros quatro ficaram feridos com a batida.

Com apoio dos socorristas do Corpo de Bombeiros, as ocupantes do carro e também os passageiros e o motorista do ônibus foram encaminhados a um hospital. Duas das vítimas do Renault Logan permanecem em estado grave.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia