Ruas de acesso ao Parque Tanguá ganham asfalto novo

Três ruas do Pilarzinho que dão acesso ao Parque Tanguá estão sendo requalificadas pela Prefeitura de Curitiba. O prefeito Rafael Greca acompanhou, nesta quarta-feira (17), o início das obras de reciclagem do pavimento da Rua Margarida de Conto Gava, que vai ganhar asfalto novo no trecho de 478 metros entre a Bernardo Berman e Lúcia Filla Panpuch. Na sequência, os serviços serão estendidos às ruas Lúcia Filla Pampuch e Agostinho Grubba.

Nas três ruas, serão 896 metros de novo pavimento para requalificar os caminhos que levam ao Tanguá, um dos principais cartões-postais da cidade e que, a partir de 26 de novembro, receberá o carrossel veneziano do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais 2021.

O prefeito esteve acompanhado do secretário municipal de Obras, Rodrigo Araújo Rodrigues, e da administradora regional da Boa Vista, Janaína Lopes Gerh.

“Os acessos ao Parque Tanguá estão sendo asfaltados para animar ainda mais a visão do Natal que se aproxima. Os serviços tiveram início pela rua Margarida de Conto Gava, entrada mais bonita e até um pouco desconhecida do nosso parque, que serve também de caminho ao Jardim Primavera”, disse o prefeito.  

Os trabalhos

A previsão é que as obras de reciclagem do pavimento na Rua Margarida de Conto Gava durem dez dias. Em seguida serão recuperados 149 metros da Rua Lúcia Filla Pampuch, entre a Rua Margarida de Contogava e Rua Agostinho Grubba. Já a Rua Agostinho Grubba terá asfalto novo em 269 metros, entre a Rua Lúcia Filla Pampuch e Rua Domingos Antônio Moro. 

“Estamos requalificando três ruas do Pilarzinho, importantes acesso ao Tanguá, para dar mais qualidade de vida aos curitibanos que aqui moram e trabalham, mas também aos que nos visitam e levam a belíssima imagem do parque na memória”, disse o secretário Rodrigo Rodrigues. A Rua Margarida de Conto Gava dá acesso um conjunto de churrasqueiras do parque.

Asfalto definitivo

As obras de reciclagem transformam ruas com asfalto primário em vias com asfalto definitivo. Pelo processo de reciclagem, a camada de antipó danificada é removida e o pavimento ganha reforço estrutural. O asfalto antigo, então, é triturado e reaproveitado como base para a adição de concreto e massa asfáltica. Depois, são aplicadas camadas de reperfilamento e revestimento asfáltico. A última etapa é a sinalização da via.

Eduardo Silva, presidente da Associação de Moradores do Conjunto Primavera, foi ao encontro do prefeito para agradecer o início das obras. Elas foram reivindicadas pela comunidade do Pilarzinho para dar fim aos buracos do antipó que havia sido implantado nos anos de 1980, há quase quatro décadas.

Na Rua Agostinho Grubba, onde há um declive íngreme, a situação preocupava os moradores.

“Estamos gratos e confiantes na qualidade dos trabalhos que estão sendo realizados. Seremos beneficiados com mais segurança e valorização dos nossos imóveis. Com a melhoria nas ruas de acesso ao Conjunto Primavera e ao Parque Tanguá tanto os moradores da região quanto os turistas serão recompensados”, disse Silva.

As obras de reciclagem das três ruas do Pilarzinho fazem parte do programa de recuperação da malha viária de Curitiba, iniciado em 2017 pelo prefeito Rafael Greca. Desde então, foram realizadas 1.294 ações de pavimentação em 1.119 ruas, em diferentes bairros. Algumas ruas receberam mais de uma intervenção, em diferentes trechos. São 642.433 metros de asfalto novo na cidade.

Informações da Prefeitura de Curitiba