Setembro terá tempo seco e mudanças bruscas de temperatura em Curitiba, diz Simepar

Ao contrário do que aconteceu em agosto, quando Curitiba registrou alto volume de chuvas, o mês de setembro deve ter tempo seco na maior parte do mês na capital, segundo o Simepar.

Além disso, segundo o meteorologista Reinaldo Kneib, as mudanças bruscas na temperatura, características das últimas semanas, devem continuar.

“Ao longo do mês vamos registrar vários períodos secos e segue com previsão de ondas de ar frio como registrado em agosto. Porém, também terão variações bruscas no tempo, ou seja, dois, três, dias frios intercalados com rápido aquecimento”, afirma.

Agosto teve chuvas acima da média

Em Curitiba, o mês de agosto teve volume de chuvas acima da média histórica em 2022. Temporais e queda nas temperaturas marcaram os dias na capital neste período.

Dados do Simepar apontam que o volume de chuvas de agosto este ano foi de 125,4 mm; a média histórica, calculada com base em registros desde 1997, é de 82,7 mm.

Agosto vem registrando alto volume de chuvas nos últimos anos. Em 2020, choveu 129,2 mm no mês e, em 2021, 104,4 mm.

Reinaldo Kneib diz que choveu bastante em Curitiba por causa da atuação de massas de ar úmidas. “Quando há muita disponibilidade de umidade do ar na atmosfera, além do padrão normal para a época do ano, as condições são favoráveis para ocorrência de chuvas significativas”, explica.