Vacina contra gripe estará disponível para todas as faixas etárias em Curitiba

Curitiba completa, na próxima semana, a convocação de todas as faixas etárias da população em geral para receber a vacina contra a gripe. A partir de segunda-feira (6), podem procurar as Unidades de Saúde pessoas entre 30 e 39 anos. A partir de quarta-feira (8), a vacina contra o vírus influenza (gripe) será ofertada também para as pessoas entre 20 e 29 anos.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) reforça que, além desses dois grupos, pessoas de outras faixas etárias já convocadas e que ainda não se vacinaram também podem procurar as Unidades de Saúde: o objetivo é aumentar a cobertura vacinal contra a gripe neste período do ano em que o vírus circula com maior intensidade. 

“Estamos chegando ao inverno, período em que a gripe tem maior circulação, e a vacina é a ferramenta mais potente de prevenção de casos graves da doença. É necessário que as pessoas coloquem a sua saúde em primeiro lugar e se imunizem, protegendo-se do risco de internamentos e até de mortes”, destaca a secretária municipal da Saúde, Beatriz Battistella.

A vacinação contra a gripe é realizada em 107 unidades de saúde, das 8 horas às 17 horas, de segunda a sexta-feira. Os endereços podem ser conferidos no site Imuniza Já Curitiba.

É necessário apresentar documento com foto e CPF. A SMS recomenda que as pessoas procurem, preferencialmente, a Unidade de Saúde onde são cadastradas. Recomenda-se o uso de máscara dentro das unidades de saúde.

A imunização em Curitiba faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e Sarampo, do Ministério da Saúde.

Repescagem contínua

A SMS ressalta que promove repescagem contínua para os grupos já convocados, que devem procurar, assim que possível, uma unidade de saúde para receber sua dose e se proteger da gripe.

Os públicos já convocados são:
– População em geral entre 5 e 19 anos ou com mais de 40 anos;
– Grupos prioritários: caminhoneiros; pessoas com deficiências permanentes; professores e trabalhadores do ensino; doentes crônicos; trabalhadores da Saúde; gestantes e puérperas (mães que tiveram filhos há até 45 dias); motoristas e cobradores do transporte coletivo; trabalhadores das forças de segurança e salvamento e das forças armadas (policiais federais, militares, civis e rodoviários; bombeiros militares e civis e guardas municipais).

– Grupos prioritários que podem receber vacinação simultânea:
– Crianças de 6 meses e 5 anos incompletos (4 anos, 11 meses e 29 dias): além da vacina contra a gripe, recebem a vacina VTV, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba;
– Idosos de 60 anos ou mais: além da vacina contra a gripe, também podem receber a 4ª dose (2º reforço) da vacina contra a covid-19;

Prorrogação da campanha

Prevista inicialmente para ser encerrada nesta sexta-feira (3), a Campanha Nacional Contra a Gripe e Sarampo foi prorrogada pelo Ministério da Saúde até 24 de junho. Assim, o imunizante contra a gripe e a VTV (para as crianças) seguem ofertados nas Unidades de Saúde.

Com essa prorrogação, a partir de segunda-feira (6), os profissionais da Saúde que ainda não receberam a vacina devem procurar o imunizante em uma Unidade de Saúde, não mais na sede do Coren-PR, apresentando documentos que comprovem a atuação profissional.

Curitiba iniciou a Campanha Nacional de Vacinação no final de abril e, após completar o chamamento dos grupos prioritários definidos para a campanha, iniciou a convocação da população em geral. 

Cobertura vacinal

Até esta sexta-feira (3), Curitiba aplicou 558,5 mil doses da vacina contra a gripe, tanto em pessoas dos grupos prioritários da campanha quanto na população em geral. Entre os grupos prioritários, 55% dos idosos com 60 anos ou mais se vacinou e, entre 24,4% das crianças de 6 anos e 5 anos incompletos foram imunizadas.

A SMS lembra que esses grupos são prioritários justamente por serem populações imunobiologicamente mais vulneráveis a desenvolver quadros graves da doença, como internamentos e morte, e é essencial que sejam vacinados, para assegurar a proteção no período em que o vírus circula com mais intensidade: os meses de inverno.

Cuidados adicionais

Além da imunização, é essencial que todos sigam com cuidados sanitários, como manter os ambientes arejados e higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel. Em caso de tosse e espirro, proteger o rosto com apoio do cotovelo e não das mãos.

O uso de máscara é recomendado em ambientes fechados ou nos ambientes abertos com aglomeração de pessoas. 

Cronograma vacinação contra a gripe

Segunda a sexta feira, da 8h às 17h

  • A partir de 6/6 (segunda-feira): vacinação de pessoas entre 30 e 39 anos e repescagens*;
  • A partir de 8/6 (quarta-feira): vacinação de pessoas entre 20 e 29 anos e repescagens;

* repescagens: Devem procurar a vacina pessoas dos grupos prioritários e população em geral já convocados que ainda não se vacinaram: pessoas de 5 anos a 19 anos e acima de 40 anos; caminhoneiros; pessoas com deficiências permanentes; idosos de 60 anos ou mais; crianças de 6 meses e 5 anos incompletos (4 anos, 11 meses e 29 dias); professores e trabalhadores do ensino; doentes crônicos; trabalhadores da Saúde; gestantes e puérperas (mães que tiveram filhos há até 45 dias); motoristas e cobradores do transporte coletivo; trabalhadores das forças de segurança e salvamento e das forças armadas (policiais federais, militares, civis e rodoviários; bombeiros militares e civis e guardas municipais).

Locais de Vacinação

A vacina contra a gripe é ofertada em 107 Unidades de Saúde, das 8h às 17h. Confira o local mais próximo no site Imuniza Já Curitiba.

Atenção

  • Pessoas que tiveram doenças respiratórias, covid-19 inclusive, devem aguardar o completo reestabelecimento de sua saúde para tomar a vacina contra a gripe;
  • Crianças de 5 a 11 anos devem aguardar um intervalo de 15 dias entre a dose da vacina contra a covid-19 e a vacina contra a gripe;
  • Pessoas acima de 12 anos podem receber simultaneamente a dose da vacina contra a gripe e contra a covid (desde que o período de intervalo entre doses de imunizante anticovid já tenha sido completado). Caso a pessoa tenha sido contaminada pelo coronavírus, é necessário aguardar quatro semanas após o início dos sintomas para receber o imunizante contra a covid-19;
  • Crianças de 6 meses a 11 anos podem procurar qualquer unidade, exceto a Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho;
  • Pessoas com 18 anos ou mais podem procurar qualquer unidade, exceto a Unidade de Saúde Mãe Curitibana;
  • Pessoas de 12 a 17 anos podem procurar qualquer uma das 107 unidades;
  • A partir de 6/6, profissionais de Saúde também devem procurar pela vacina contra a gripe nas Unidades de Saúde. Confira os documentos que devem ser apresentados.

Informações da Prefeitura de Curitiba