Vídeo: vendedores de alfajor e agenciadores de modelos quase brigam durante entrevista ao vivo

Após a briga envolvendo vendedores de alfajor e agenciadores de modelos, que deixou três feridos e oito presos no Centro de Curitiba, na tarde de terça-feira (30), o programa Tribuna da Massa foi até o local.

O repórter Douglas Bandeira esteve no Calçadão da XV, no início da tarde desta quarta-feira (31), para conversar com os dois grupos.

Durante a entrevista ao vivo, os agenciadores mostraram as marcas das agressões e disseram que a confusão começou porque os vendedores de alfajor não permitem que outros serviços sejam ofertados no espaço.

Segundo os funcionários da agência de modelos, eles foram perseguidos por cerca de 15 homens. Um deles relata que um jovem chegou a ser retirado de dentro de uma loja para ser agredido.

“Não queremos brigar com ninguém. Queremos trabalhar com honestidade. Eles vendem chocolate. A gente é captador, é totalmente diferente”, diz um agenciador.

Do outro lado, os vendedores de alfajor alegam que quem começou a briga foram os agenciadores. Eles também mostraram as marcas de alguns cortes, que teriam sido feitos pelos captadores.

“Nosso projeto é mantido através da venda do alfajor. Em momento nenhum nosso trabalho aqui na rua é ficar fazendo confusão na rua”, diz um vendedor. Ele ainda complementa que a venda faz parte de um projeto que tem o objetivo de ajudar dependentes químicos e alcoólatras.

Em determinado momento da entrevista ao vivo, os dois grupos começaram a discutir. Policiais, que também estavam no local, acalmaram a situação.

Confira a entrevista completa: