DER publica classificação de edital para conservação de rodovias da RMC, Litoral e Sul

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) publicou a classificação final da licitação para conservar 838,37 quilômetros de rodovias da Região Metropolitana de Curitiba (RMC), Litoral e região Sul. O edital está separado em 4 lotes, contemplando trechos de rodovias estaduais da Superintendência Leste do DER/PR.

O lote A, que inclui rodovias de Campo Largo, Almirante Tamandaré e Colombo, teve como vencedora a empresa Vale das Pedras Construção de Rodovias Ltda., com a proposta de preço de R$ 12.779.263,96.

O Consórcio Conservação Leste, formado pelas empresas Compasa do Brasil Distribuidora de Derivados de Petróleo Ltda., e Gaissler Moreira Engenharia Civil Eireli, foi o vencedor do lote B, que atende rodovias de Piraquara, Campina Grande do Sul e do Litoral, incluindo a Estrada da Graciosa, pelo valor de R$ 3.705.982,11; do lote C, que abrange rodovias de municípios do Sul do Estado, como Piên, Campo do Tenente e São Mateus do Sul, pelo valor de R$ 14.990.416,74; e também do lote D, com mais rodovias de municípios da região Sul, como União da Vitória, General Carneiro e Bituruna, pelo valor de R$ 12.731.756,18.

A publicação da classificação final, tanto em diário oficial como no portal Compras Paraná, dá início ao prazo de cinco dias úteis para recursos das outras participantes quanto ao resultado, até o dia 14 de março. Caso algum recurso seja interposto, haverá igual período para contrarrazões das empresas objeto de recurso. Todos os documentos serão analisados pelo DER/PR, que pode alterar ou não o resultado com base nos argumentos apresentados.

Encerrada essa fase, o resultado será homologado e tem início os trâmites internos para assinatura dos contratos. A licitação acontece na modalidade Concorrência Pública, em que é declarado vencedor o participante que apresentar a proposta de preços mais vantajosa e tiver seus documentos de habilitação aprovados, em cada lote.

Conservação

Está prevista a execução rotineira de serviços como remendos profundos e remendos superficiais, selagem de trinca, fresagem, reperfilagem, microrrevestimento, melhorias no sistema de drenagem e na sinalização horizontal, pelo prazo de um ano. O investimento é de R$ 44.207.418,99.

37 municípios serão beneficiados neste edital:

LOTE A – 221,73 km:

Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Curitiba, Itaperuçu, Lapa e Rio Branco do Sul.

LOTE B – 182,73 km:

Campina Grande do Sul, Antonina, Colombo, Curitiba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Pinhais, Piraquara, Pontal do Paraná, Quatro Barras e São José dos Pinhais.

LOTE C – 245,68 km:

Agudos do Sul, Antônio Olinto, Campo do Tenente, Lapa, Mandirituba, Palmeira, Piên, Quitandinha, São João do Triunfo, São Mateus do Sul e Tijucas do Sul.

LOTE D – 188,23 km:

Bituruna, Cruz Machado, General Carneiro, Paula Freitas, Porto Vitória e União da Vitória.