Empresário agride menino de 11 anos que gritou ‘Palmeiras não tem Mundial’

Um empresário torcedor do Palmeiras agrediu um menino de 11 anos após o garoto gritar o “Palmeiras não tem Mundial” em frente ao seu estabelecimento comercial, no Jardim Alvorada, em Campo Mourão. O time paulista perdeu o título mundial neste fim de semana para o Chelsea, da Inglaterra, por 2 a 1.

A cena foi registrada por câmeras de segurança e mostram quando o homem adulto parte para cima da criança. O caso só não terminou de maneira mais grave porque várias pessoas que presenciaram a cena absurda conseguiram conter o torcedor revoltado e impediram que ele machucasse ainda mais a criança.

O menino brincava com amigos quando fez a piada, uma das mais comuns no futebol moderno, e foi perseguido por várias quadras pelo agressor. A criança levou vários tapas no rosto e ficou com o pescoço machucado. Ele fugiu para casa, com medo, e a Polícia Militar foi acionada, mas não conseguiu encontrar o agressor.

Os pais do menino procuraram a Polícia Civil para registrar o boletim de ocorrência e o caso segue sob investigação.

Com informações do Portal O Bemdito.