Exército inicia operação na faixa de fronteira paranaense

Está em curso a Operação Ágata – Fronteira Sul, que ocorre na fronteira do Paraná. A ação, que tem coordenação com órgãos federais, estaduais e municipais de segurança pública e de fiscalização, tem o objetivo de coibir crimes transfronteiriços, como tráfico de drogas, armas, mineração ilegal e outros crimes ambientais.

Cerca de mil militares do Exército trabalham na operação, que não tem previsão para terminar.

A tropa empregada na região de fronteira pertence à 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, de Cascavel. Os militares realizam bloqueio e controle de estradas e patrulhamento de rios em cooperação com a Marinha do Brasil e Força Aérea Brasileira.

A Operação Ágata ocorre, ao longo do ano, em toda a faixa de fronteira terrestre. São mais de 16 mil km, envolvendo 11 estados brasileiros que fazem divisa com dez países.

Só neste ano na região Sul, as apreensões (principalmente de drogas, armas, contrabando e cigarros) resultaram em prejuízo de mais de R$ 9 milhões às organizações criminosas.