Movimento em transportes e atrativos indica retomada do turismo em Foz do Iguaçu

O movimento de passageiros no Aeroporto das Cataratas e na Rodoviária Internacional (embarques e desembarques) e nos principais atrativos indicam a tendência da retomada do turismo em Foz do Iguaçu. Dados da equipe da Divisão de Estatísticas e Estudos Turísticos da Secretaria de Turismo apontam que esses indicadores apresentaram melhora no primeiro semestre de 2021, no comparativo com os últimos seis meses do ano passado.

A análise considera a movimentação de viajantes no aeroporto e na rodoviária e na compra de ingressos no Parque Nacional do Iguaçu, Circuito Turístico da Itaipu e Marco das Três Fronteiras.

O aeroporto registrou, de janeiro a junho deste ano, 345.207 embarques e desembarques, um aumento superior a 42% no comparativo aos 241.765 embarques e desembarques de julho a dezembro do ano passado. De acordo com a estatística da Infraero, responsável pelo terminal, o mês de junho, com mais de 62,5 mil embarques e desembarques, ficou atrás apenas de janeiro, 95,1 mil passageiros, mês que tradicionalmente tem maior movimento no ano.

A rodoviária apresentou um aumento superior a 41% no total de passageiros, no comparativo entre os dois últimos semestres. Este ano, de janeiro a junho, 241.197 pessoas passaram pelo terminal, contra 170.648 de julho a dezembro do ano passado. O desempenho do primeiro semestre do ano chegou perto dos 248.650 embarques e desembarques dos primeiros seis meses de 2020, período em que teve início a pandemia do coronavírus.

Cataratas

O Parque Nacional registrou aumento de aproximadamente 12% no comparativo do primeiro semestre de 2021 com o segundo semestre de 2020. Neste ano, foram 208.360 ingressos, segundo dados do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Nos últimos seis meses do ano passado, foram 185.861 acessos ao principal termômetro do turismo da fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

O Complexo Turístico da Itaipu, que reúne uma série de atrativos no entorno e na usina binacional, confirmou um aumento superior a 21%. No primeiro semestre deste ano, o circuito recebeu 94.594 visitantes, contra 74.151 de julho a dezembro do ano passado. No primeiro semestre de 2020, quando começou a pandemia, mais de 159 mil visitantes visitaram os atrativos da Itaipu.

Fechando a visitação dos principais atrativos turísticos de Foz do Iguaçu, o Marco das 3 Fronteiras recebeu 89.148 turistas de janeiro a junho deste ano, contra 77.442 no segundo semestre de 2020. O aumento positivo é superior a 13% entre um período e outro. No primeiro semestre do ano passado, o atrativo próximo ao encontro de Brasil, Argentina e Paraguai recebeu 117.505 visitantes.

Informações da Prefeitura de Foz do Iguaçu