Novo sistema será implantado no Estacionamento Regulamentado

O Estacionamento Regulamentado de Foz do Iguaçu (Estarfi) passará a receber pagamentos com cartões de crédito e débito, além das atuais formas de pagamento, feitas com moedas ou por meio de aplicativo no celular. O novo modo de operacionalização do sistema também prevê a implantação de parquímetros multivagas, fiscalização embarcada, sistema de gestão e consultas por vagas on-line e um Software de Gestão e Controle do Sistema.

As atualizações fazem parte do novo contrato entre o Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans) e a empresa Serbet – Sistema de Estacionamento Veicular do Brasil, vencedora da licitação. 

De acordo com o diretor superintendente do Foztrans, Licério Santos, a implantação das novas tecnologias não implicará em mudanças no valor do Estarfi. “Observamos um alto custo operacional devido à utilização de 293 parquímetros, que comportam apenas 10 vagas em cada aparelho. Na nova contratação, estes equipamentos serão dispostos nas áreas de abrangência do Estarfi, de forma a otimizar o seu uso com a utilização de parquímetros multivagas, sem limitações de quantidade de vagas por equipamento”, explicou.

Ou seja, com a nova configuração, serão necessários apenas 90 equipamentos.  

E no aplicativo, o motorista consegue fazer o acionamento da vaga e normalizar a situação, em caso de irregularidades.

Fiscalização embarcada

O município também planeja otimizar a fiscalização, por meio do sistema de fiscalização embarcada com recurso OCR/LAP (Leitura Automática de Placas) e fornecimento de recursos tecnológicos aos agentes. Dessa forma, será possível emitir avisos de irregularidade de forma mais rápida.

“Teremos uma fiscalização mais eficiente nas áreas de abrangência do Estarfi, maximizando o uso das vagas nas vias públicas e apresentando benefícios significativos para a mobilidade urbana, com oferta democrática desses espaços e melhoria na circulação de veículos. Também vai melhorar a taxa de respeito de utilização do estacionamento regulamentado, que hoje está em torno de 38%, bem abaixo do esperado”, comentou o diretor superintendente.

Implantação

A partir desta segunda-feira (22) os serviços de fiscalização do Estarfi ficarão suspensos para a implantação do novo modelo, que deverá ocorrer no prazo de 20 dias.

Como o novo sistema opera em outra plataforma, os créditos adquiridos no aplicativo Vago, usado atualmente, poderão ser recuperados mediante o cancelamento da conta Vago ou utilizados em outros municípios. Já os cartões/chaveiros recarregáveis serão substituídos nos próximos dias. As datas, locais e horários de atendimento serão divulgados em breve.

Os avisos de irregularidade emitidos até o dia 20 de março poderão ser regularizados normalmente, dentro de 14 dias úteis após a notificação, na sede do Estarfi ou com as orientadoras do Estarfi.

Colaboração Prefeitura de Foz do Iguaçu