Mais um suspeito de envolvimento na tentativa de roubo em Guarapuava é preso pela PM

Na terça-feira (17), um homem suspeito de ter participado do ataque a Guarapuava, no dia 17 de abril, foi preso em Mongaguá, município da Baixada Santista, em São Paulo.

O suspeito, um homem de 46 anos conhecido como “Máscara”, foi capturado em uma operação conjunta da Diretoria de Inteligência da Polícia Militar do Paraná com a PM de São Paulo. Ele foi identificado como Valdeci de Jesus Machado, e seria um dos líderes de uma facção criminosa que atua na região de Guarapuava.

Com o preso, a polícia apreendeu duas pistolas 9mm, um revólver e uma carteira de habilitação falsa.

Noite de terror em Guarapuava

A ação dos bandidos começou na BR-277, onde atiraram contra o 16º Batalhão da Polícia Militar e colocaram fogo em carros nas ruas. 

Em seguida, foram para uma agência bancária, onde fizeram moradores de reféns e entraram em confronto com a polícia, ferindo dois policiais. Um deles, o cabo Ricieri Chagas, teve a morte cerebral confirmada no dia 23 de abril.

Logo após o confronto, os criminosos tentaram assaltar a transportadora de valores, mas não tiveram sucesso por causa da ação das forças de segurança. Várias ruas foram bloqueadas e as entradas da cidade foram fechadas.

Leia mais sobre o caso: