Suspeito de participar de ataque em Guarapuava morre em confronto

Mais um suspeito de participar do ataque a uma empresa de transporte de valores de Guarapuava em abril deste ano foi morto em confronto com a Polícia Militar. A troca de tiros entre o suspeito e a PM aconteceu na cidade de Limeira (SP) neste sábado (28).

O rapaz morto no confronto foi encontrado na área rural do município a partir de denúncias de que um bandido envolvido em assaltos a bancos estava em um imóvel na região. Equipes aéreas da PM foram deslocadas ao local para fazer buscas e viaturas por terra também chegaram ao endereço.

Os policiais foram recebidos com tiros de fuzil e, durante o tiroteio, o suspeito foi baleado e não resistiu aos ferimentos. Na casa onde ele se escondeu, os policiais encontraram um fuzil, munições, colete à prova de balas e vários documentos falsos.

Noite de terror em Guarapuava

A ação dos bandidos começou na BR-277, onde atiraram contra o 16º Batalhão da Polícia Militar e colocaram fogo em carros nas ruas. 

Em seguida, foram para uma agência bancária, onde fizeram moradores de reféns e entraram em confronto com a polícia, ferindo dois policiais. Um deles, o cabo Ricieri Chagas, teve a morte cerebral confirmada no dia 23 de abril.

Logo após o confronto, os criminosos tentaram assaltar a transportadora de valores, mas não tiveram sucesso por causa da ação das forças de segurança. Várias ruas foram bloqueadas e as entradas da cidade foram fechadas.

Leia mais sobre o caso: