Ciclone extratropical deixa ao menos 38 famílias desabrigadas no Litoral do PR

Em boletim divulgado na noite desta quarta-feira (10), o Corpo de Bombeiros registrou que a passagem do ciclone extratropical pelo litoral paranaense deixou ao menos 38 famílias desabrigadas.

Em nota, o Corpo de Bombeiros informou que Guaratuba, cidade mais afetada pela tempestade, registrou rajadas de vento de 97,2 km/h, com volume de chuvas ultrapassando os 101 milímetros em apenas 24 horas.

Em todo o litoral, até as 19h30, aproximadamente 263 pessoas tinham sido afetadas pelo ciclone, com 38 famílias desabrigadas – 20 delas na região de Guaratuba e 18 em Matinhos.

Segundo os bombeiros, os danos provocados pelo temporal causaram principalmente alagamentos e inundações, quedas de estruturas, destelhamentos, quedas de árvores, interrupção de água e de energia elétrica.

Pânico em Guaratuba

Ao longo do dia, moradores de Guaratuba fizeram diferentes registros dos estragos provocados pelas chuvas.

Na primeira parte do vídeo, é possível ver um barqueiro tentando controlar o barco durante os ventos mais fortes. Há, ainda, uma câmera de segurança que registra o teto de um posto de combustível desabando.

Previsão do tempo

De acordo com o boletim dos bombeiros, não há previsão de vento ou chuva forte para as próximas horas no litoral do Paraná. A tendência é de estabilização e volta à normalidade. Os brigadistas alertam, no entanto, que ainda há risco de novos alagamentos.

Em caso de emergência, a população pode entrar em contato com os bombeiros pelo telefone 193.

Leia mais