Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
26.7ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Serviços com guindaste na BR-277 entram na reta final

Redação

Redação

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) continua avançando na obra de recuperação da BR-277 no km 39 e km 41, na região do Litoral, e deve concluir mais uma etapa nos próximos dias, com a retirada de seu guindaste do trecho.

Foto: Rodrigo Félix Leal/SEIL

O equipamento, usado para içar equipes de trabalho acima do paredão rochoso do km 41, recebe nesta quarta-feira (18) uma extensão de 20 metros para concluir os serviços no ponto mais alto do escorregamento de terra.

Após a limpeza da encosta será estudada a viabilidade de retirar o guindaste, que deverá ser substituído por andaimes, posicionados rente à rocha, permitindo a liberação de mais uma faixa de tráfego no local.

Com isso, a rodovia ficará com três faixas operando do km 39 ao km 41, e em duas faixas somente na altura do km 42, onde o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) atua com guindaste próprio, em outro ponto de escorregamento de rochas.

O DER/PR está com guindaste e um caminhão com jato de água de alta pressão no trecho, desde 9 de janeiro, para realizar os serviços emergenciais de contenção de talude danificado. Eles consistiram na remoção de blocos soltos e lascas de rocha da encosta, bem como de terra sem contenção. O objetivo é evitar que esse material eventualmente caia sobre a pista, fazendo a sua retirada de modo controlado, com segurança para usuários e funcionários da obra.

Veja também:

No km 39, onde o escorregamento de terra foi de porte menor, continuam em andamento os serviços de execução de muro de solo-cimento na base do talude, garantindo contenção de materiais eventualmente deslocados pela ação das chuvas.

O guindaste também foi utilizado no local, bem como um equipamento semelhante, de menor porte. Ainda foram implantados dispositivos de drenagem para garantir que a água não fique acumulada na pista ou acostamento.

A previsão é de liberação de quatro faixas da BR-277 entre o km 39 ao km 41 até o dia 25 de fevereiro, com as obras prosseguindo na encosta até o final de março, mas sem necessidade de grandes desvios de tráfego nestes km.

O DER/PR permanece monitorando as condições da encosta, bem como o impacto das condições climáticas no local, com chuvas prolongadas podendo atrapalhar o andamento da obra.

O DER/PR e a Secretaria de Infraestrutura e Logística do Paraná anunciaram, em 16 de dezembro, um acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para assumir integralmente as obras de recuperação da BR-277 no km 39 e km 41, com o órgão federal permanecendo responsável pela obra no km 42. A medida foi necessária para garantir a execução dos trabalhos com a maior celeridade possível, uma vez que o DNIT não contava com os recursos para as contratações necessárias.

No dia 19 de dezembro, há exatos 30 dias, o DER/PR entrou no trecho com os serviços iniciais de limpeza da pista, que ainda estava com lama, além da limpeza e recomposição dos dispositivos de drenagem nos dois locais, garantindo o escoamento de água da chuva.

Em 21 de dezembro, com implantação de barreiras de concreto New Jersey para garantir a segurança do usuário, foi liberada uma faixa adicional na altura do km 39. A barreira conteve um novo escorregamento de terra de pequeno porte no local durante a madrugada do dia seguinte, com a faixa extra ficando fechada por algumas horas enquanto a encosta era inspecionada.

As obras seguiram sem interrupções durante o recesso do fim de ano, inclusive nos feriados. Foram realizados serviços na encosta para atenuar novos danos, assim como desobstrução de canaletas para evitar o acúmulo de água nas margens da rodovia, constante limpeza e manutenção da sinalização, entre outros.

Desde o início da obra foram realizados análises e estudos geológicos para elaboração dos projetos de recuperação da encosta, que resultaram no início dos serviços de contenção emergencial, iniciados em 9 de janeiro.

Empresários da comunidade portuária do Paraná se reuniram nesta semana com o secretário estadual de Infraestrutura, Fernado Furiatti, e o superintendente Regional do DNIT no Estado, Christiano Schineider Machado, para tratar sobre o andamento das obras na BR-277.

O encontro, realizado na sede da Portos do Paraná, reforçou o compromisso de diálogo e transparência dos poderes públicos com a iniciativa privada. Foram apresentados os esforços dos governos do Estado e do governo federal na obra emergencial para contenção destas áreas atingidas por uma série de escorregamentos de terra, no final do ano passado.

Informações da AEN

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia