Hemepar está com estoques reduzidos e alerta para necessidade de mais doadores de sangue

No Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado nesta terça-feira (14), o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) faz um alerta para que os doares compareçam nas unidades de coleta do estado.

A partir de junho, com a diminuição das temperaturas, o número de doações costuma cair, comprometendo os estoques de sangue dos hemonúcleos. Atualmente, os estoques estão cerca de 30% abaixo do necessário.

O secretário de Estado da Saúde, César Neves, aproveita a data para alertar os doadores sobre a necessidade de haver a regularidade das coletas em todos os períodos do ano. “Doar sangue é um ato de solidariedade, um serviço à população e merece todo nosso respeito. Agradeço aos paranaenses que doam sangue de forma altruísta e solidária e ajudam a salvar milhares de vidas todos os anos”, diz o secretário.

No Paraná, o Hemepar conta com 23 unidades de coleta, armazenamento e distribuição de sangue para 385 hospitais públicos, privados e filantrópicos, além de atender 92,8% de leitos SUS. Para manter o estoque adequado do banco de sangue são necessárias muitas doações. O ideal é que cada pessoa doe pelo menos duas vezes ao ano.

Os homens podem doar a cada dois meses, quatro vezes ao ano. Já as mulheres, a cada três meses, num máximo de três doações ao ano.

Depois de coletado, o sangue é fracionado e acontece o processo de separação dos hemocomponentes (plasma, hemácias, plaquetas e crio). Após isso, a bolsa fica estocada até o resultado dos exames para a liberação. Por isso, também é importante ressaltar a validade da doação com antecedência, uma vez que, após a coleta, o sangue pode levar até 48 horas para ser liberado.

Atualmente os estoques estão com uma média de 35% abaixo do necessário. “Estamos em situação crítica para alguns tipos sanguíneos (O-, O+, A- e B-), outros tipos em situação adequada a estável, porém é importantíssimo que tenhamos uma regularidade no número de doações para suprir a demanda em todo Estado”, afirma a diretora do Hemepar, Liana Labres de Souza.

Como doar

Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos, estar em boas condições de saúde, pesar no mínimo 51 quilos, estar alimentado e hidratado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação) e apresentar documento oficial com foto.

Mais informações sobre a doação de sangue e endereços do Hemepar podem ser consultados aqui.

Informações da Agência Estadual de Notícias