Homem que matou esposa frequentava igreja e cantava com a vítima

Elizeu de Castro Silva, principal suspeito de matar a esposa e o enteado na cidade de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, também era conhecido na cidade por ser cantor gospel. Ele acompanhava a esposa, Vany Magalhães, nas gravações dos hinos evangélicos para a Congregação Cristã do Brasil (CCB) e os vídeos do casal estão disponíveis nas redes sociais.

https://www.youtube.com/watch?v=law7aVZvYGY

https://www.youtube.com/watch?v=ktikNClow-o

A mulher e seu filho, de dez anos, foram assassinados a facadas na madrugada de quarta-feira (1º) na casa da família, no bairro Planta Deodoro. O menino era enteado de Elizeu. A filha do casal, de dois anos de idade, teria presenciado o crime e ficou trancada até as 16 horas, quando um familiar foi até o imóvel e encontrou os corpos e a criança em estado de choque, totalmente suja com o sangue da mãe e do irmão.

Desde a confirmação da morte da cantora gospel, dezenas de amigos e membros da igreja usaram as redes sociais para se manifestarem sobre a tragédia. “Peço para que Deus ampare e conforte todos os corações feridos pela dor do luto. Descanse em Paz”, disse um internauta. “Que a Justiça da terra seja feita, pois da justiça Divina não se livrará. Carregará para sempre em suas costas o peso da morte de dois inocentes”, escreveu outra pessoa.

(Reprodução)

Equipes das polícias Civil e Militar seguem mobilizadas na busca pelo suspeito, que fugiu logo após o crime. Segundo a Polícia Civil, ele seria usuário de drogas e teria cometido os assassinatos durante uma crise de abstinência, poupando apenas a vida da própria filha.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Elizeu de Castro Silva pode entrar em contato com as autoridades pelos telefones 181, 190 e 197, ou ainda diretamente com os investigadores de Piraquara pelo número (41) 3590 1200.

Mais sobre o caso:

Depois de matar esposa e enteado, homem foge e abandona filha trancada com corpos

Polícia procura homem que matou esposa e enteado em Piraquara

Crise de abstinência pode ter motivado assassinato de mulher e criança em Piraquara