Homem sobe no capô de carro para impedir mulher de fugir durante briga de casal

Moradores de um condomínio no bairro Santa Cândida, em Curitiba, ficaram aflitos depois de mais uma briga de casal envolvendo vizinhos. No vídeo gravado por uma testemunha, é possível ver o agente penitenciário subindo no capô do próprio carro. Segundo o homem que aparece na imagem, a ex-mulher invadiu o apartamento dele, pegou a chave do carro e tentou levar o veículo.

Depois que o vídeo ganhou as redes sociais, os dois envolvidos foram entrevistados ao vivo pelo Tribuna da Massa. O homem revelou que eles foram casados durante 13 anos e têm um filho de dois anos, mas agora estão separados há um mês e o processo está bastante conturbado. Antes do caso filmado por vizinhos, a mulher já tinha invadido a casa do ex e estaria portando a arma do agente, segundo o relato dele.

“Isso aconteceu há uns três dias, a mesma situação. Ela arrebentou a porta, não chegou a apontar a arma, mas pegou a arma na mão. Eu tenho que que ter mais cuidado com a arma, estava destravada”, destacou. “Quero o bem dela, não queria que chegasse a esse ponto”, completa o agente.

A mulher também foi ouvida pela equipe do Tribuna da Massa e deu sua versão dos fatos. Ela explicou que o carro que aparece no vídeo e o apartamento onde o agente mora também são dela. “Vamos fazer o justo, esse apartamento [onde houve a confusão] está no nome dele e o outro, em São José dos Pinhais, estava morando a mãe dele, saí da minha casa e fui pra casa da minha mãe mesmo tendo dois apartamentos”, explica a mulher.

“Eu peço desculpas pra todos os vizinhos pelo acontecido, mas fiquei muito nervosa (…) O que eu fiz no dia que cheguei no apartamento e a porta estava trancada, eu quebrei a porta e a arma tava em cima da mesa. Eu tirei ela da frente e escondi no banheiro”, argumentou a mulher, revelando ainda que o ex estava com outra mulher na cama. “Fiquei revoltada pela situação de ele abrir a porta da nossa casa e estar com outra mulher na minha cama, isso que fiquei mais revoltada”, destacou a ex-esposa. Ambos já disseram que querem o bem do outro e que o processo de separação será mais amigável a partir de agora.

Colaboração de Bruna Frohener/Rede Massa.